quinta-feira, fevereiro 16, 2017

Horário de verão termina dia 19

Foto:Arquivo DM
O Horário de Verão 2016/2017 se encerra neste domingo, dia 19, quando a partir das zero hora os relógios nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem ser atrasados em uma hora. A medida, que no Brasil foi adotada pela primeira vez em 1931, havia entrado em vigo no mês de outubro do ano passado. O objetivo do governo com a alteração do horário é de reduzir o consumo nos momentos de maior pico, que acontece entre as 18h e 21h, pela utilização da luminosidade natural. No Brasil a estimativa do governo é que haja uma economia de aproximadamente R$ 147 milhões, pouco abaixo dos R$ 162 milhões economizados na medida do período 2014/2015.
    O gerente técnico das Centrais Elétricas de Carazinho (Eletrocar) o engenheiro Cláudio Joel de Quadros aponta em 3% a economia gerada pelo horário de verão. De acordo com ele, isto representa em termos técnicos economia de 1.300 MWh que equivale ao consumo de 7.500 residências em um mês. Segundo Quadros, o maior índice de redução de consumo se dá no setor residencial, pois há uma transferência de uso da energia nos horários de pico dos finais de tarde e início de noite.
Conforme a dona de casa Enádia Correa de Quadros o horário de verão manteve o consumo estável, mesmo a família permanecendo por mais tempo acordada. “Conseguimos manter, nos últimos quatro meses, a conta luz sempre com o mesmo valor, e isto já é um ganho,” comentou Enádia, que é favorável ao horário de verão. O empresário, Darci Vedana disse que foi possível observar uma pequena economia no consumo de energia. “Toda iniciativa que ajuda na redução das despesas, por menor que seja, é bem vinda”, destacou Darci. (Diário AM)

Tags

0 comentários: