quarta-feira, fevereiro 15, 2017

Musa do Brasil de Pelotas em 2016 é alvo de operação contra tráfico de drogas

 Foto: Polícia Civil
A musa do Brasil de Pelotas, edição do Gauchão 2016, foi alvo de uma operação da Polícia Civil nesta quarta-feira contra o tráfico de drogas no município da Zona Sul do Estado.
Segundo informações do titular da 2ª Delegacia de Pelotas, delegado Rafael Lopes, responsável pela ofensiva chamada de Kataschesi, ela teria participação ativa em uma quadrilha e já é considerada foragida. Oito prisões foram feitas na ação. 
"Apuramos que ela tem envolvimento direto no esquema, tanto que foi uma das indiciadas. Ela tinha uma participação forte na lavagem de dinheiro do tráfico, já que a quadrilha adquiria imóveis em nomes de terceiro. Ela tem imóveis e veículos no nome dela. O grupo trabalhava ainda com lojas e bancas no camelódromo de Pelotas. Existiam diversas formas de lavar o dinheiro", explicou Lopes.
Conforme Lopes, Daiana seria companheira do líder da quadrilha que foi alvo da operação e estaria com ele há pelo menos três anos. "O envolvimento dela é muito por conta desse homem, mas ela tem participação direta", acrescentou. Quatorze imóveis do grupo foram identificadas e oito já tem ordem de sequestro judicial. A ofensiva cumpriu 12 mandados de prisão e 11 mandados de busca na cidade. 
Consultado pela reportagem sobre o ocorrido, o Brasil de Pelotas afirmou apenas que já escolheu a sua nova musa para o Gauchão de 2017. (Correio do Povo)

0 comentários: