quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Smed anuncia mudanças para o ano letivo de 2017 e desagrada professores

Foto:Divulgação
A Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre apresentou mudanças na organização da rotina diária nas escolas para ano letivo de 2017. Em reunião realizada com diretores na tarde desta terça-feira, o secretário Adriano Naves de Brito anunciou mudança no tempo dos períodos de aula para o ensino fundamental (do 1º ao 9º ano).
Até hoje, os alunos tinham cinco períodos diários de 50 minutos, com exceção da quinta-feira, quando a aula era encerrada às 10h para reunião pedagógica. O novo governo determinou que a partir de março sejam realizados cinco períodos de 45 minutos, diariamente, e enquanto acontece essa reunião os estudantes ficarão dentro da sala com um professor auxiliar.
Com a alteração, os docentes perdem o direito a um turno de compensação – eles davam aulas por 30 minutos a mais e ganhavam um turno livre na semana. De acordo com o secretário, essas mudanças vêm para melhorar a qualidade do tempo do aluno na escola.
Reunião emergencial
Os professores e diretores criticaram as medidas anunciadas e estão realizando uma reunião emergencial no Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) para definir quais ações serão tomadas com relação à medida. Uma das diretoras da entidade, Luciane Pereira, não exclui nenhuma possibilidade, inclusive o eventual atraso no início das aulas, que está previsto para o dia 6 de março. (Correio do Povo)

0 comentários: