• Operação contra o tráfico de drogas trazidas do Paraguai é deflagrada pela PF de São Borja

    Foto: Polícia Federal
    Quatorze pessoas foram presas na Operação Petros, na manhã desta quarta-feira, contra o tráfico internacional de drogas. A ação foi deflagrada pela Polícia Federal em cinco cidades do Rio Grande do Sul, e também em municípios de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.
    Além dos 14 mandados de prisão, mais de 100 policiais cumpriram ainda 19 mandados de busca e apreensão nas cidades de Santo Antônio das Missões, São Borja, Santo  Ângelo, Três Passos e Torres, todas no Rio Grande do Sul, e também nas cidades de Garopaba, em Santa Catarina, e Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Somente em São Borja foram cumpridos três mandados de prisão preventiva.
    Conforme a Polícia Federal, foram apreendidas sete armas, 205 kg de maconha, 21,3 kg de cocaína, R$ 70 mil em dinheiro, 15 veículos além de um laboratório localizado na cidade de Ponta Porã. Também foi determinado pela Justiça, a pedido da Polícia Federal, o sequestro de bens e contas bancárias da organização.
    Conforme a PF, a droga era comprada no Paraguai e entrava no Brasil através da cidade sul-mato-grossense de Ponta Porã, para depois ser distribuída nas cidades gaúchas de Torres, Santo Antônio das Missões, e também em Garopaba, Santa Catarina. Cinco pessoas foram presas em flagrante no decorrer das operações, além da apreensão de R$ 150 mil em dinheiro, além de drogas e veículos.
    As investigações foram conduzidas pela Polícia Federal nas cidades de Uruguaiana e São Borja, na Fronteira Oeste. Os policiais da cidade coordenaram as ações que resultaram em prisões e localização do laboratório de produção das drogas em Ponta Porã. (Rádio Cultura)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário