terça-feira, março 28, 2017

Prefeito vai cobrar obras da Corsan em Carazinho

Foto:DM
Com parte das redes coletoras prontas, mas com uma estação de tratamento de esgoto inacabada, Carazinho não trata o esgoto que gera. O contrato de prestação de serviços que o Município tem com a Corsan prevê um cronograma de execução de obras e que ao menos parte dos resíduos já estivesse sendo tratado.
Nesta quarta-feira (28), o prefeito Milton Schmitz tem agenda marcada com o diretor presidente da Corsan e com o Secretário de Obras do Estado, Gerson Burmann, para pressionar a Companhia sobre obras que já deveriam ter sido executadas. “Temos uma agenda em Porto Alegre com a direção da Corsan pois chegou a mim quando assumi a prefeitura de que nos últimos anos o município não cobrou da Corsan a execução do que está previsto em contrato. Isso gerou um passivo de obras que precisarão acontecer e nossa intenção é pressionar e cobrar”, diz.
O chefe do Executivo destaca que a Companhia está presente na maioria das cidades gaúchas e por isso sempre tem obras sendo demandas. Para tanto a intenção com o encontro desta quarta-feira (28), é de fazer o município ser lembrado. “Há cidades que avançaram, mas a prefeitura tem que cobrar, pressionar, pois a Corsan é uma estatal e se houver esta pressão o Município não terá a atenção voltada pra si”, pensa Schmitz.
O gerente local destaca que por se tratar uma obra já iniciada, mas que parou pois a empreiteira que a executava entrou em falência, deve haver recursos disponíveis para sua conclusão previstos no Orçamento Geral da União. (Diário AM)

Tags

0 comentários: