terça-feira, março 07, 2017

Sartori é recebido por professores aos gritos de 'caloteiro' na Expodireto 2017


O primeiro dia no Parque da Cotrijal não podia ficar sem protesto. Repetindo outros eventos do setor, onde vai o governador José Ivo Sartori (PMDB), há grupos de servidores estaduais. Na manhã desta segunda-feira (6), um grupo de professores de Não-Me-Toque e Carazinho se concentrou no acesso principal sabendo que o governador estaria na abertura. Foi Sartori pisar no parque que o grupo, com menos de 20 pessoas, disparou gritos chamando o governador de "caloteiro". "Vamos começar o ano letivo, e o governador anuncia que vai parcelar o salário do mês em nove vezes", disse Sônia Maria dos Santos Petry, do núcleo de Carazinho. Depois da abertura oficial, o governador disse que "caloteiro é sempre o produtor de calota". "Eu não sou produtor de calota." O grupo de professores diz que decidirá em assembleia na quarta-feira (8) se haverá greve ou não. O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, resolveu enfrentar os críticos da pequena manifestação, que protestaram contra a proposta de reforma trabalhista e da Previdência. O ministro tentou explicar as razões das mudanças na área trabalhista. "Vocês são muito radicais", disse para as professoras. "Estamos defendendo nossos direitos", rebateram as servidoras. (Jornal do Comercio)

0 comentários: