quarta-feira, abril 12, 2017

Governo faz coletiva de imprensa para apresentar os primeiros 100 dias de trabalho em Uruguaiana

O Prefeito Municipal, Ronnie Mello, junto com o Vice-prefeito, Antônio Augusto Brasil Carús, Secretário de Governo, Paulo Fossari, e o Secretário Municipal da Fazenda, Valdir Venes receberam os meios de comunicação nesta terça-feira (11), para uma coletiva imprensa para falar sobre os primeiros 100 dias de governo.
“Pegamos Uruguaiana no caos, em um momento de crise econômica, onde as medidas de emergência tiveram que ser tomadas para evitarmos o caos do município. Questionam-nos quem deixou Uruguaiana nesse estado, eu respondo: as gestões anteriores”, disse o Prefeito Municipal.
Há mais de 12 anos o município não pagava precatórios, o que acarretou em uma dívida milionária no valor de mais de R$ 120 milhões de reais, fazendo Uruguaiana ser o município com maior dívida do Estado, e uma das 10 cidades mais endividadas do Brasil, proporcionalmente.
“Fomos diversas vezes a Porto Alegre a fim de buscarmos uma solução, e essa foi encontrada, propomos um acordo histórico com o Tribunal de Justiça, e já pagamos R$ 900 mil deste acordo. Talvez se os gestores anteriores tivessem mais cuidado com as contas públicas, esse valor poderia ter sido investido em outras áreas como saúde, educação e segurança, se o recurso público fosse respeitado”, disse o prefeito, Ronnie Mello.
Algumas ações foram destaques nestes 100 dias, como a formalização da situação das finanças públicas consagradas através do Decreto n°80, e a adoção da contenção de despesas, incluindo a redução do número de CCs, além da busca de melhor receita sem o aumento de tributos.
“É o caso de conter despesas, reduzir gastos, e controlar a comprovação da atividade econômica do município, para assim, aumentar o índice de retorno do ICMS e ISSQN, no qual, são as principais transferências tributária do município”, ressaltou o prefeito.
Desde que assumimos o governo, estamos tentando “arrumar a casa”, pois encontramos diversas dificuldades e problemas. No entanto, com a ajuda de nossos secretários estamos evoluindo e mudando esse cenário. Estamos apenas no começo de um novo tempo, de uma nova Uruguaiana. (PMU)

Tags

0 comentários: