segunda-feira, abril 17, 2017

Grêmio empata primeira da semifinal com Novo Hamburgo na Arena

Foto: Mauro Schaefer
O Grêmio empatou em 1 a 1 com o Novo Hamburgo na tarde deste domingo na Arena e precisará superar o adversário em seus domínios ou empatar com mais de um gol. Depois de um primeiro tempo de domínio, com poucas oportunidades, Ramiro abriu o placar, mas Juninho empatou com um chutão de fora da área.
Com o resultado, a vitória ou empates com mais de dois gols leva o Tricolor a disputar o título contra o vencedor de Inter ou Caxias. No sábado, o Colorado venceu por 1 a 0 e, no próximo domingo, define a vaga no estádio Centenário. No caso de novo empate em 1 a 1, a decisão será nas cobranças de penalidades máximas.
Na próxima quinta-feira, às 21h45min, no estádio Rogelio Livieres, em Assunção, no Paraguai, o Grêmio enfrenta o Guarani, pela terceira rodada do grupo 8 da Copa Libertadores da América. O jogo de volta da semi do estadual está marcado pela Federação Gaúcha de Futebol para as 19h de domingo, no Estádio do Vale.
Tricolor pressiona, mas não consegue furar bloqueio
O Grêmio iniciou a partida pressionando e dominou as ações ofensivas nos primeiros 45 minutos de partida. Porém, teve extrema dificuldade para superar o sistema defensivo do Novo Hamburgo. A primeira jogada de perigo foi do time visitante. Branquinho levantou na área e Marcelo Grohe teve que sair para soquear e afastar o perigo.
A melhor oportunidade do Tricolor na primeira etapa ocorreu aos nove minutos, quando Pedro Rocha arriscou de fora da área e obrigou o goleiro Matheus a espalmar pela linha de fundo. A partir deste lance, o Grêmio dominava as ações ofensivas e procurava a meta do Novo Hamburgo, mas só conseguia arremates de média distância, na maioria para fáceis defesas do camisa 1 adversário.
O Tricolor só voltou a levar perigo aos 23. Bolaños recebeu lançamento nas costas da defesa, ajeitou o corpo e bateu cruzado, quase sem ângulo. A bola passou na frente da meta de Matheus e saiu pela linha de fundo. Dois minutos depois, Branquinho tentou passar por dois marcadores dentro da área do Grêmio, não conseguiu e acabou caindo. Diego Real entendeu como jogada normal e mandou seguir.
Aos 35, Marcelo Oliveira invadiu a área e, ao tentar passar por dois marcadores, caiu. Diego Real entendeu como jogada normal e mandou a partida continuar. Antes do apito final, Branquinho arriscou de fora da área e a bola saiu longe. Apesar de o Grêmio dominar durante os primeiros 45 minutos, não conseguiu furar a defesa armada por Beto Campos.
Grêmio marca, mas sofre empate
Aos dois minutos do segundo tempo, Marcelo Oliveira passou pelos marcadores, pelo lado esquerdo do campo, girou e cruzou para o interior da pequena área. Ramiro saltou na frente do marcador e, com o pé direito, empurrou para o fundo das redes. Grêmio 1x0 Novo Hamburgo.
O time visitante empatou nove minutos depois com uma pancada de fora da área de Juninho. Marcelo Oliveira afastou de cabeça, após escanteio, a bola caiu no pé do meia, que arriscou e mandou uma “bomba” a meia altura no canto esquerdo de Grohe, que saltou, mas, sem ter a visão da esférica, não conseguiu chegar na bola.
Após o gol de empate dos visitantes, o Grêmio voltou a pressionar, mas passou a deixar espaços e sofrer com contra-ataques da equipe de Beto Campos. Aos 16, Lucas Santos cabeceou e a bola passou rente ao poste esquerdo de Grohe, porém a jogada estava parada por falta dos atacantes do Novo Hamburgo. Quatro minutos depois, Luan cruzou da esquerda e Marcelo Oliveira cabeceou próximo ao poste esquerdo de Matheus.
Apesar do domínio, o Grêmio só conseguiu levar perigo aos 32 minutos. Edílson bateu falta forte da intermediária e a bola passou à direita do ângulo superior da meta de Matheus. Três minutos depois, Luan cobrou falta, um pouco mais próxima da área, e a bola passou próxima ao ângulo esquerdo da goleira de Matheus.
Aos 37 minutos, o Novo Hamburgo não empatou por pouco. João Paulo fez a "parede" para Jardel, na entrada da grande área, que chutou rasteiro, a bola bateu no poste e, no rebote, Lucas Santos, sem goleiro, bateu por cima da meta de Grohe. O Grêmio seguiu pressionando e, aos 48 minutos, Luan cobrou falta da direita, Barrios, sem marcação, na frente da meta de Matheus, chutou para fora. Apesar do domínio, o Tricolor não conseguiu marcar o segundo e levou a decisão para o Estádio do Vale.
Gauchão - Semifinal
Grêmio 1
Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon, Ramiro, Leo Moura (Barrios) e Bolaños; Luan e Pedro Rocha (Everton). Técnico: Renato Portaluppi.
Novo Hamburgo 1
Matheus; Leo (Renan), Júlio Santos, Pablo e Assis; Amaral, Preto, Jardel e Juninho; João Paulo e Branquinho (Lucas Santos).Técnico: Beto Campos.
Gols: Ramiro (2min/2ºT) e Juninho (11min/2ºT)
Cartões amarelos: Pablo, Léo, Lucas Santos, João Paulo, Jardel, Amaral e Assis (NH) e Kannemann e Léo Moura (G)
Público total: 17.905
Renda: R$ 645.873,00
Árbitro: Diego Real
Auxiliar: Élio Nepomuceno de Andrade Júnior e Leirson Peng Martins
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). (Correio do Povo)

0 comentários: