quinta-feira, abril 27, 2017

Juiz solta cinco suspeitos de participação no assalto milionário no Paraguai

Foto: Reprodução
A Justiça do Paraná determinou nessa quarta-feira a libertação de cinco suspeitos de integrar a quadrilha que, dois dias antes, explodiu uma transportadora de valores em Ciudad del Este, no Paraguai, roubou uma quantia milionária e matou a tiros um policial que trabalhava como segurança. O grupo, supostamente em fuga para o Brasil, havia sido preso na operação de captura conjunta entre as polícias dos dois países, no interior do Estado.
A decisão foi do juiz Ariel Nicolai Dias, de Foz do Iguaçu, cidade brasileira fronteiriça com Ciudad del Este. O magistrado entendeu que o menos três das prisões foram realizadas de forma ilegal e, por isso, determinou a expedição do alvará de soltura.
Já contra os outros dois suspeitos, Dias reconheceu o flagrante por receptação de um carro roubado mas determinou que eles respondam em liberdade pelo crime. A decisão também levou em conta que, apesar de terem sido abordados em situação suspeita, no momento do flagrante nenhum deles portava armas ou dinheiro roubado. Todos os suspeitos negaram envolvimento no assalto e o juiz não citou, em sua decisão, nenhum vínculo provado entre o grupo preso e o crime cometido em solo paraguaio. (O SUL)

Tags

0 comentários: