• Justiça determina interdição de duas casas geriátricas em Encantado

     Foto: Juremir Versetti
    Duas casas de geriatria de Encantando, no Vale do Taquari, foram interditadas pela Justiça nesta quarta-feira por supostos maus-tratos e omissão no cuidado com os moradores. Após denúncias, o Ministério Público (MP) averiguou os relatos com depoimentos de pessoas que teriam presenciado os fatos, dos donos dos estabelecimentose com prontuários médicos das pessoas supostamente agredidas.
    “A Justiça deu uma liminar proibindo o ingresso de idosos nas duas casas. Familiares e município, dependendo da responsabilidade em relação a internação, também serão notificados para realocar ou retirar os idosos dos dois locais”, revelou a promotora Daniela Pires Schwab.
    Antes da abertura da ação civil pública, denúncias haviam sido feitas por meio do disque-denúncias. A Polícia Civil do município abriu inquérito para apurar o caso. O MP pede na Justiça que os dois locais sejam fechados definitivamente.
    Conforme a proprietária das casas geriátricas, as empresas funcionam há mais de 10 anos e as denúncias se referem a casos específicos, onde ocorreu desentendimento com três famílias. Segundo ela, nenhuma agressão ocorreu nas dependências das casas geriátricas. “Temos câmeras de segurança que podem comprovar isto”, afirmou.
    “Nosso jurídico já está agilizando toda a documentação exigida pelo MP e logo vamos esclarecer tudo”, disse. A proprietária ainda ressaltou que as denúncias recebidas através do disque denúncia devem se referir a um ex-funcionário que já foi afastado. (Correio do Povo)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário