quarta-feira, abril 12, 2017

Juventus goleia Barcelona e abre grande vantagem

Foto: Giuseppe Cacace
Com atuação de gala do argentino Paulo Dybala, autor de dois gols, a Juventus dominou e derrotou por 3 a 0 o Barcelona em Turim, nesta terça-feira na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, encaminhando a classificação e obrigando o Barça a realizar outra "remontada" épica.
Quem esperava ver Lionel Messi brilhar ao lado do brasileiro Neymar e do uruguaio Luis Suárez acabou assistindo à bela exibição da Juve e, especialmente, do jovem Dybala, considerados por muitos o sucessor do craque do Barça na seleção argentina, que abriu o placar aos 6 minutos do primeiro tempo e ampliou aos 21, em dois belos chutes colocadas de canhota. No segundo tempo, Giorgio Chiellini fechou a conta para a Juventus aos 9 minutos, subindo mais que a zaga catalã para cabecear com categoria uma cobrança de escanteio.
O resultado – e a fraca atuação – lembraram a goleada sofrida pelo Barcelona na partida de ida das oitavas de final da Champions contra o Paris Saint-Germain, quando foi derrotado por 4 a 0 no Parque dos Príncipes da capital francesa. Naquela ocasião, o Barcelona foi capaz de realizar um verdadeiro milagre, buscando a 'remontada', ao vencer no Camp Nou por 6 a 1.
Na semana que vem, na capital da Catalunha, Messi e companhia terão que buscar outra façanha parecida se quiserem avançar às semifinais. Resta ao Barça se fiar às estatísticas para não perder a fé na classificação: na história das competição europeias, o clube catalão é o que mais vezes (3) conseguiu virar um resultado negativo de 3 a 0 no primeiro jogo para se classificar à próxima fase. Já a Juve colocou um pé nas semifinais da competição continental e defendeu sua incrível invencibilidade em casa, que agora está em 48 jogos seguidos (42 vitórias e 6 empates).  (Correio do Povo)

0 comentários: