quarta-feira, abril 19, 2017

Novo nome da RBS SC será escolhido por meio de votação popular

Foto:Reprodução
A RBS SC dá mais um passo no processo de transição iniciado em março de 2016. Mário Neves, presidente de um dos maiores grupos de comunicação multimídia do país, atuante em toda Santa Catarina, anunciou nesta quarta-feira (19) que o público assumirá um papel decisivo na definição do novo nome da empresa e da afiliada da Rede Globo no Estado. "São os catarinenses que decidirão a nova assinatura, por meio de consulta pública", disse Neves.
"Desde o início do processo de criação da nossa marca, queríamos que o público tivesse voz ativa na definição do novo nome. Trabalhamos muito nos últimos meses até que chegássemos a três opções viáveis e representativas de quem somos e é uma alegria finalmente poder compartilhar a informação", destacou Mário Neves durante apresentação para os colaboradores da empresa nesta quarta-feira (19).
NSC, DNC e LIG são as opções nas quais o público poderá votar por meio de uma enquete, que será divulgada em breve. O nome escolhido substituirá as marcas Grupo RBS e RBS TV em Santa Catarina, dando sequência ao processo de venda das operações do Grupo RBS no Estado para o Grupo NC, dos empresários Carlos Sanchez, Marcus Sanchez e Leonardo Sanchez.
Os nomes são fruto de um amplo trabalho que vem sendo desenvolvido desde agosto de 2016 junto a empresas especialistas em marca, como a Interbrand e a Exit. As três opções refletem características vitais da empresa que estão aliadas à sua visão para o futuro, com a criação de uma marca envolvente, vibrante e confiável.
Para mostrar as alternativas ao público, entrará no ar em breve uma campanha com comunicadores da empresa, que estimularão a participação na votação. As marcas aparecerão sem identidade visual, que será apresentada no momento em que for realizado o lançamento oficial do nome escolhido. O foco da consulta popular estará na definição do nome da emissora de TV, que também será adotado pelo grupo de mídia.
A opção por este alinhamento de marcas faz parte de uma estratégia definida desde o início do processo de criação, que corresponde ao modelo adotado atualmente. As demais marcas no Estado (Diário Catarinense, Hora de Santa Catarina, A Notícia, Jornal de Santa Catarina, Atlântida, CBN Diário e Itapema) não sofrerão alteração. (Acontecendoaqui)

0 comentários: