segunda-feira, abril 17, 2017

Secretário Ernani Polo ressalta necessidade de ampliação da produção de alimentos em palestra na Federasul

Foto: Eduardo Oliveira
O secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, foi o palestrante do “Tá na Mesa” desta quarta-feira (12) da Federasul, Federação das Associações Comerciais do Estado.  Recepcionado pela presidente da entidade, Simone Leite, e com o salão totalmente lotado, o secretário Ernani Polo apresentou a palestra com o tema “Com o Agro o Estado Avança”, que tratou dos bons resultados da safra gaúcha, que deve ultrapassar as 34 milhões de toneladas de grãos, a necessidade cada vez maior da produção de alimentos e o potencial da Agropecuária do RS; além de programas coordenados pela pasta, como o "Conservar para Produzir Melhor", programa estadual de conservação do solo e da água, que vai justamente ao encontro do aumento da produtividade com sustentabilidade.
O secretário também falou sobre o Plano Agro +RS, criado para simplificar serviços voltados ao setor produtivo visando maior agilidade  e o desenvolvimento do Pró-Oliva, voltado ao avanço da olivicultura, setor que cresce no Estado e que tem grande potencial de desenvolvimento. Em sua abordagem, o secretário destacou a representatividade das principais culturas no cenário do Agro gaúcho, tanto de grãos como de pecuária, traçando um paralelo entre a capacidade de produção e de abastecimento alimentar da população.

O RS, pela diversidade do que produz, tem uma forte perspectiva para produzir mais, ser mais competitivo no país e ainda mais exportador. Polo destacou a capacidade do Agro no Estado “ Pelos dados que possuímos, só em 2016 o setor Agro no RS foi responsável por mais de 40% do Produto Interno Bruto do Estado, o que só demonstra a potencia que a agropecuária tem no fomento da economia a na geração de emprego e renda. Também necessitamos colocar ainda mais valor agregado aos nosso produtos, para que possamos ter ainda mais receita e mais desenvolvimento interno no Estado. Nossa vida cotidiana esta envolta no Agro e precisamos ressaltar esta condição. Agro é gente, acima de tudo”, destaca o secretário Ernani Polo.  (Alexandre Farina)

0 comentários: