quinta-feira, maio 18, 2017

Operação da PF cumpre mandados contra Aécio Neves no Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira uma operação que serve como desdobramento da Lava Jato e que deve cumprir mandados de busca e apreensão contra o senador Aécio Neves no Rio de Janeiro, autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. 
Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, a ofensiva mira ainda pessoas ligadas ao senador Aécio Neves: Andréia Neves, irmã do senador, e Altair Alves, ligado ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Agentes foram até o prédio na rua Samuel Pereira, no bairro Anchieta, em Belo Horizonte. Aécio Neves tem um apartamento no local. A PF também está em um imóvel do tucano em Ipanema, no Rio, e também no Lago Sul, em Brasília.
A operação ocorre um dia depois que gravações obtidas pelo jornal O Globo revelam que o presidente Michel Temer avalizou o pagamento de uma mesada ao ex-presidente da Câmara e hoje preso, Eduardo Cunha. Em seu depoimento aos procuradores, Joesley Batista, dono do grupo JBS, afirmou que não foi Temer quem determinou a mesada, mas que o presidente tinha pleno conhecimento sobre os pagamentos.
O empresário também teria gravado Aécio lhe pedindo R$ 2 milhões. O valor teria sido entregue a um primo do senador, em espécie, que teria levado as notas para uma empresa do senador Zezé Perrella (PMDB-MG). (Correio do Povo)

Tags

0 comentários: