• Aumenta para 20 o número de mortes por gripe A no Rio Grande do Sul neste ano

    Foto: Cristine Rochol
    Mais três mortes por gripe A foram registradas no Rio Grande do Sul, aumentado para 20 o número de óbitos provocados pela doença no Estado desde o início do ano, informou na manhã desta quarta-feira (28) o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo Reis.
    As últimas vítimas são dois idosos –  uma mulher de 82 anos, de Venâncio Aires, diabética, com doença cardíaca crônica e obesa, e um homem também de 82 anos, de Guarani das Missões – e uma mulher de 31 anos, de Alvorada, com imunodeficiência.
    As mortes ocorreram entre os dias 10 e 27 de junho. As duas mulheres haviam sido vacinadas contra a Influenza, conforme o secretário. Ele destacou que a mais jovem foi imunizada tardiamente.
    Vacinação
    A prefeitura de Porto Alegre continua oferecendo a vacina contra a gripe a todas as pessoas interessadas na imunização em 127 postos mantidos pela Secretaria Municipal de Saúde. Até terça-feira (27), 639.374 pessoas foram imunizadas. Doze unidades de saúde não têm vacina contra a gripe para oferecer à população: Itu, na GD (Gerência Distrital) Navegantes Humaitá Noroeste Ilhas; Chácara do Banco, Lami e Pitinga, na GD Restinga; as unidades Campo da Tuca, São Pedro, Viçosa, São Miguel, São José e Morro da Cruz, na Gerência Distrital Partenon/Lomba do Pinheiro; e US Beco do Adelar e Morro dos Sargentos (fechada temporariamente por problemas de segurança), na GD Sul/Centro-Sul.
    O imunobiológico ficará à disposição até o final dos estoques, sem reposição. Gestantes que descobrirem a gravidez ao longo do ano e crianças cujo esquema vacinal preveja aplicação de mais uma dose da vacina poderão ser vacinadas a qualquer momento. (O SUL)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário