sexta-feira, junho 23, 2017

Em mais uma ótima atuação, o Grêmio vence o Coritiba por 2 a 0 na Arena pelo Campeonato Brasileiro

Foto: Lucas Uebel
Em mais uma atuação movimentada e que confirmou a sua excelente fase, na noite dessa quinta-feira o Grêmio bateu o Coritiba por 2 a 0, em Porto Alegre, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Pedro Rocha, aos 9 minutos do primeiro tempo, e Fernandinho, aos 40 minutos da etapa complementar.
O placar, comemorado por mais de 21 mil torcedores na Arena, manteve o Tricolor na segunda posição da tabela, com 22 pontos, apenas um ponto atrás do líder, Corinthians – próximo adversário do time gaúcho. As duas equipes se enfrentam no domingo, às 16h, na Arena, em um confronto que já está entre os mais esperados do ano.
Primeiro Tempo
A saída de bola foi do Coritiba, que chegou pela primeira vez ao gol quando o relógio marcava 2 minutos de jogo, em uma cobrança de escanteio feita no primeiro poste. Alan Santos tentou o domínio e mandou pela linha de fundo. Em seguida, o Grêmio chegou à intermediária de ataque com Fernandinho, mas o atacante foi derrubado com falta. Na cobrança, Edilson mandou na área, mas a barreira fez o corte. Outra boa oportunidade veio aos 7 minutos: Luan recebeu a bola e arrematou de perna direita, mas mandou no meio do gol, para defesa do goleiro paranaense.
O escore foi aberto aos 10 minutos, com Pedro Rocha. Na parte central do gramado, o atacante acionou Luan, que devolveu o passe. Ele recebeu dentro da grande área, superou a marcação e mandou uma bomba de canhota, no ângulo do goleiro, sem chance de defesa.
Em seguida, a equipe visitante se armou no ataque com Alan Santos, dando um passe de calcanhar para Galdezani, mas o chute saiu fraco, o que facilitou para Grohe. O Grêmio reagiu com Pedro Rocha invadindo a área, mas a defesa conteve a jogada.
Não demorou muito para que saísse um segundo gol para os donos da casa, com Lucas Barrios, mas o lance foi anulado pela arbitragem, que apontou impedimento. Aos 19 minutos, Pedro Rocha cruzou para a grande área, gerando um escanteio. Luan colocou na segunda trave, mas houve o desvio e foi assinalado apenas tiro de meta. Os paranaenses tiveram uma chance em cobrança de falta pela direita. Dodô colocou dentro da área, mas Artur fez o corte.
Aos 32 minutos, o coxa Dodô chegou em velocidade no ataque e alcançou Rildo, que mandou de cabeça. A bola saiu por cima da meta. Em seguida, William Matheus infiltrou a bola para Galdezani na direita, que chutou, mas Marcelo Grohe segurou. O Coritiba seguiu pressionando: Tiago Real cobrou uma falta na área, mandando direto ao gol, para nova defesa do arqueiro tricolor.
Uma grande jogada veio aos 44 minutos: Luan alçou Barrios, que dominou e tentou encobrir o goleiro, que no entanto deu um tapa na bola para escanteio. Na cobrança, bola foi afastada, mas ficou com Pedro Rocha, que chutou de longe, sem perigo. Jogo finalizou aos 46 minutos.
Etapa complementar
O Coxa chegou pela primeira vez com Rildo, que arriscou um chute da entrada da área, mas Grohe conseguiu a defesa segura. Os visitantes chegaram de novo com Dodô, pela direita. Ele cruzou na área, mas defesa gremista conseguiu o corte. Em velocidade, o Grêmio (ainda com a mesma formação do primeiro tempo) chegava com Luan. O atacante fez um lançamento preciso para Pedro Rocha, mas a jogada foi anulada pela arbitragem.
O Coritiba voltou à carga, dessa vez em cobrança de falta pelo lado esquerdo: a bola foi alçada, mas Rafael Thyere cortou de cabeça. No contra-ataque, Pedro Rocha conduziu a bola pela parte central e acionou Fernandinho na direita, mas o atacante não dominou e a bola saiu pela meta.
O Grêmio voltou com perigo aos 23 minutos. Fernandinho buscou troca de passes com Luan. A bola voltou ao atacante, que passou pelo marcador e chutou. Wilson salvou. Logo depois, Everton recebeu pela esquerda, conseguiu o domínio e invadiu a área em velocidade. O atacante gremista foi derrubado, mas o juiz mandou prosseguir a jogada.
O segundo gol surgiu de um contra-ataque. Fernandinho apertou a marcação sobre Henrique Almeida, que perdeu a bola. Luan foi acionado e retribuiu a Fernandinho, que mandou uma bomba, estufando as redes do Coritiba, aos 40 minutos. Os gremistas ainda tiveram uma chance em cobrança de escanteio, já nos descontos. A bola chegou a ser alçada, mas a arbitragem finalizou aos 49 minutos.
Escalações
O Grêmio do técnico Renato Portaluppi colocou no gramado da Arena uma formação com Marcelo Grohe, Edílson, Rafael Thyere, Pedro Geromel, Bruno Cortez, Arthur (Maicon), Michel, Fernandinho, Luan, Pedro Rocha (Lincoln) e Lucas Barrios (Everton).
Já o Coritiba, sob o comando de Pachequinho, jogou com Wilson, Dodô (Léo), Marcio, Werley, William Matheus, Alan Santos (Thiago Real), Matheus Galdezani, Jonas (Iago Dias), Rildo, Henrique Almeida e Alecsandro. (O SUL)

0 comentários: