segunda-feira, junho 26, 2017

Grêmio perde por 1 a 0 para o Corinthians em casa mas segue na vice-liderança do Brasileirão

Em uma das partidas mais esperadas do Campeonato Brasileiro, na tarde deste domingo o Grêmio perdeu para o Corinthians por 1 a 0. O gol foi marcado pelo meia Jadson, aos 6 minutos do segundo tempo, para frustração da maior parte dos 54 mil torcedores (maior público da edição 2017 do campeonato) que lotaram a Arena e ainda viram o atacante gremista Luan errar um pênalti aos 38 minutos da mesma etapa.
O resultado, válido pela décima rodada da competição, manteve o Timão na topo da tabela, com 26 pontos, abrindo quatro de vantagem em relação ao próprio Tricolor gaúcho, vice-líder e que teve encerrada uma sequência de 18 jogos sem derrotas (se somados o Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores da América).
Na próxima rodada, às 16h de sábado, o Grêmio tem outro difícil compromisso: o Palmeiras, desta vez fora de casa, após disputar na quarta-feira o jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR em Porto Alegre.
Primeiro tempo
Grêmio e Corinthians protagonizaram um grande duelo. O Tricolor se mostrou levemente superior na primeira etapa, mantendo maior controle do jogo e pressionando os adversários. Criou oportunidades, mas não chegou a abrir o marcador, diante de um adversário fechado em seu sólido seu sistema defensivo.
A saída de bola foi do Tricolor, que trabalhou bem nos minutos iniciais. Aos 3 minutos, os donos da casa chegaram ao ataque pela direita, com Edilson chutando uma bola que explodiu na marcação. Mais uma oportunidade Tricolor, aos 9 minutos: Luan inverteu o jogo para Cortez na esquerda. O lateral deu passe a Pedro Rocha, que percebeu Ramiro na área, mas Cassio conseguiu interceptar a jogada e fazer a defesa,
A primeira chance paulista veio aos 11 minutos, quando João Paulo entrou na área, cara a cara com o Marcelo Grohe e tentou deslocar o goleiro gremista, que no entanto conseguiu a defesa. Em seguida, respondendo ao ataque corintiano, Michel acionou Pedro Rocha nas costas da zaga, mas a arbitragem assinalou um impedimento.
O Grêmio se manteve no ataque, pressionando. Logo depois, Pedro Rocha foi derrubado com uma falta forte. Luan mandou direto a bola à direita do ângulo do arqueiro Cássio, em uma tarde de ótima atuação e muita catimba. Caberia a ele salvar o Timão várias vezes, como ao mandar para a linha-de-fundo uma bomba de Michel.
Aos 29 minutos, o Corinthians chegou com perigo com Maicon, mandando uma bomba de longe. A bola quicou no gramado, dificultando a defesa de Grohe, que espalmou para escanteio. Depois de um desarme do gremista Michel na intermediária, Luan acionou Barrios na esquerda. O paraguaio mandou uma bomba, no canto do gol, obrigando Cassio a nova intervenção.
Na sequência, o Corintihians também reclamou de um pênalti não marcado em Fagner, que caiu na área após choque com o lateral tricolor Bruno Cortez. Aos 40 minutos, Romero tentou passar por Pedro Geromel e caiu no gramado, pedindo mais um pênalti, em vão.
Segundo Tempo
O Grêmio voltou a campo com a mesma formação e logo teve a sua primeira oportunidade. Pedro Rocha serviu Corteza, na esquerda, que cruzou, mas marcação mandou para escanteio. Luan cobrou curto para o camisa 32, que mandou na área, mas mais uma vez houve o corte da defensiva.
O marcador foi aberto pelos corintianos aos 6 minutos: Paulo Roberto arrancou em velocidade pela esquerda, invadiu a área gremista e rolou a bola para trás. A bola passou por Jô e chegou ao meia Jadson, que chutou na direção de Grohe. O goleiro aceitou o “frango” por entre as pernas.
Aos 4 minutos, o Tricolor tentou a resposta, com Arthur pela direita, mas defensiva fez o corte e mandou para escanteio. Na cobrança, a bola ficou viva na área, até que a arbitragem assinalou impedimento de Kannemann. Depois de cobrança lateral, Cortez colocou na cabeça de Pedro Rocha, que de costas mandou a gol. Cassio defendeu.
Aos 20 minutos, Pedro Rocha recebeu dentro da área e cruzou na medida para Luan, que recebeu na entrada da pequena área e mandou de primeira. Cassio fez um milagre e defendeu.
Em jogada individual pela direita, Fernandinho conseguiu cavar um escanteio. Na cobrança, Geromel foi derrubado com falta. Pênalti de Marquinhos Gabriel. Na cobrança, aos 38 minutos, Luan bateu nas mãos de Cássio. Logo em seguida, Everton foi derrubado com falta dentro da área, mas desta vez a penalidade não foi assinalada.
Aos 41 minutos, Everton pegou a sobra do lateral colocado na grande área; perto da meia lua cortou pra perna direita e chutou colocado. A bola passou raspando a trave da meta de Cássio. Após boa trama gremista, Gastón recebeu dentro da área e chutou rasteiro. O goleiro corintiano, mais uma vez, defendeu. (Osul)

0 comentários: