• Mais três cidades decretam situação de emergência no RS, e total sobe para 44

    Foto: Juliano Chimenes
    Mais três cidades do Rio Grande do Sul decretaram emergência nesta sexta-feira (2) devido aos estragos causados pelas fortes chuvas. São elas: Sinimbu, no Vale do Rio Pardo, e Maquiné e Terra de Arreia, no Litoral Norte. Com isso, o número de municípios nessa situação passou para 44, conforme boletim da Defesa Civil. Na quinta-feira (1) eram 41.
    Segundo o órgão, 100 cidades gaúchas foram atingidas pelo excesso de chuva. Seguem fora de casa 943 famílias, o que representa 4,1 mil pessoas.
    São 681 famílias desalojadas (acolhidas em casas de amigos ou familiares), o equivalente a 2.977 pessoas. Outras 262 famílias estão desabrigadas (levadas para abrigos ou alojamentos), o que equivale a 1.156 pessoas.
    Ainda segundo o boletim da Defesa Civil, três cursos d'água estão acima do nível de alerta. Em São Sebastião do Caí, o Rio Caí ultrapassou em 2,39 metros a marca. Já o Rio Uruguai está a 2,44 metros acima do nível de alerta em São Borja, na Fronteira Oeste. 

    Cidades em situação de emergência

    1. Tiradentes do Sul
    2. Campo Novo
    3. Três Passos
    4. Coronel Bicaco
    5. Tenente Portela
    6. Panambi
    7. Cristal
    8. Sertão
    9. São Jerônimo
    10. Tunas
    11. São José das Missões
    12. Itaqui
    13. Casca
    14. São Borja
    15. Pedras Altas
    16. Boqueirão do Leão
    17. Dom Pedrito
    18. Barros Cassal
    19. Vila Lângaro
    20. Barão de Cotegipe
    21. Três Arroios
    22. Ponte Preta
    23. Miraguaí
    24. Irai
    25. Cristal do Sul
    26. Uruguaiana
    27. Boa Vista das Missões
    28. Paim Filho
    29. Lagoão
    30. São Nicolau
    31. São Sebastião do Caí
    32. Gentil
    33. Ibirapuitã
    34. Soledade
    35. Garruchos
    36. Porto Xavier
    37. Inhacorá
    38. Pirapó
    39. Porto Mauá
    40. Roque Gonzáles
    41. Três de Maio
    42. Maquiné
    43. Sinimbu
    44. Terra de Areia

    G1/RS
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário