• Idosa de 65 anos cai no conto do bilhete, em Carazinho

    No final da manhã desta terça-feira (4), uma mulher informou que foi abordada por um elemento, moreno, gordo e aparelho nos dentes, que pediu ajuda para localizar o estabelecimento comercial de um homem, que teria lhe dado um bilhete de loteria, e o mesmo queria ver se estava premiado. Na sequência um outro homem, loiro e bem vestido se aproximou e ofereceu ajuda, informado que os dois poderiam ajudar, ligando para uma agência bancária de forma fictícia, informando que o bilhete estaria premiado em mais de R$ 1milhão e 300mil reais. O primeiro falsário disse que era analfabeto, e daria R$ 100mil para cada em troca da ajuda, mas para confiar os mesmos teriam de dar uma garantia em espécie. A mulher foi levada até uma agência bancária a bordo de um veículo prata, modelo sedan, onde acabou sacando R$ 2.100,00 de forma parcelada e entregou aos golpistas. Após isso eles foram até o banco onde trocariam o bilhete, pedindo que ela entrasse antes. Após ter o atendimento solicitado foi informado que a mesma teria caído em um golpe. O caso foi registrado junto a DPPA de Carazinho (Diário AM)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário