sexta-feira, agosto 04, 2017

Cantor Luiz Melodia morre aos 66 anos, no Rio de Janeiro

Foto: Opus
Ícone da Música Popular Brasileira (MPB), o cantor Luiz Melodia morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 66 anos, no Rio de Janeiro. O artista estava internado no Hospital Quinta D'Or, onde lutava contra um câncer na medula óssea.
A morte do cantor foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital. Apesar de ter passado por um transplante de medula óssea, Melodia não vinha respondendo bem à quimioterapia. 

Luiz Carlos dos Santos nasceu no morro do Estácio, Rio de Janeiro, no dia 7 de janeiro de 1951. Descobriu a musica ao ver o pai tocando em casa. “Fui pegando a viola dele, tirando uns acordes, observando. Ele não deixava eu pegar a viola de 4 cordas que era um relíquia, muito bonita, onde eu aprendi a tocar umas coisas“, disse o cantor ao seu site.
Apesar do desejo do pai de ver o filho "doutor", Melodia decidiu abandonar o ginásio e passou a adolescência compondo e tocando sucessos da jovem guarda e bolsa nova, com o grupo "Instantâneos", formado com amigos. Em 1972, Gal Costa conheceu seu trabalho e gravou “Pérola negra” para o disco “Gal a todo vapor”, de 1972. Foi nesta época que o artista assumiu então o nome de Luiz Melodia. Nas décadas seguintes, Melodia lançou diversos álbuns e se consolidou como um ícone da MPB, com shows fora do país.
No ano de 2003, Melodia lançou seu primeiro DVD, com participações especiais de Zeca Pagodinho, Zeze Mota e Luciana Melo. Já em 2007, lançou o álbum "Estação Melodia", indicado no ano seguinte ao Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Samba/Pagode". Em 2015, ganhou o 26º Prêmio da Música Brasileira na categoria "Melhor Cantor de MPB". (Correio do Povo)

Tags

0 comentários: