segunda-feira, agosto 28, 2017

Carazinhense vencedor no Freio de Ouro atribui conquista ao trabalho de todos

O ginete Eduardo Weber de Quadros, carazinhense filho de Paulo Quadros e Roselei Weber de Quadros, venceu o Freio de Ouro montando a égua Capanegra Quinta Sinfonia, da Cabanha Capanegra, de Dom Pedrito (RS), e da Cabanha Gameleira, de Goiânia (GO). Ela obteve com média de 22033.
Foi neste domingo (27) durante provas realizadas na Expointer, em Esteio. Eduardo, que conduziu a fêmea vencedora justificou a sua vitória como uma consequência do trabalho em equipe e das cabanhas. ''É a primeira a vez que participo da premiação e atribuo o meu  desempenho ao trabalho intenso de todos'', destacou.
Fernando Dornelles Pons, um dos expositores da vencedora, disse que a parceria entre as cabanhas está consagrada com esta vitória, que também é resultado do treinamento que a égua recebeu em Carazinho(RS). ''Estamos satisfeitos, pois o público tomou a Capanegra como a grande favorita, simpatizou com ela, que deu o seu recado durante as provas'', afirmou.
 Categorias
Na categoria machos a vitória foi para PN Cambiasso, da Cabanha Positivo , de Portão (RS), montado pelo ginete Adriano Comunelo, com média de 20.812. O expositor Jonas Leopoldino de Souza conquistou o primeiro título da Cabanha que tem 15 anos de trabalho. Afirmou que é um orgulho receber o prêmio máximo de uma disputa importante para a raça. Em 2016, PN Cambiasso ficou em quarto lugar e, este ano, o cavalo que completa 10 anos tornou-se vencedor. ''A gente costuma dizer que PN Cambiasso é domingueiro: quando chega no domingo ele faz diferente'', completou.
ABCCC
De acordo com o  presidente da ABCCC, Eduardo Suñe, inovações como as comissões de ginetes e de bem estar animal são importantes para a raça, criadores e produtores. Explicou que as novidades vieram solidificar o trabalho e a seleção de uma raça, como os prêmios de Alpaca e Craque Funcional. ''Esta edição ficou acima da expectativa da direção, tanto em público quanto em inovações. Tínhamos certeza de que este Freio de Ouro seria competitivo, com quatro ginetes novos na final, inclusive com vitória para um deles nas fêmeas'', complementou.
O circuito do Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga, Massey Ferguson, Ford e o apoio de Supra. A realização é da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). (Ana Maria Leal/Portal da Gazeta)


0 comentários: