terça-feira, agosto 01, 2017

Ex-presidente do Grêmio Hélio Dourado morre aos 87 anos

Foto: Grêmio
Ex-presidente do Grêmio por seis mandatos consecutivos, Helio Dourado morreu nesta terça-feira, aos 87 anos. Um dos três patronos da história do clube, o ex-dirigente foi vítima de um infarto. O velório será realizado na Arena, a partir das 15h, no hall do portão A.
Nascido em Santa Cruz do Sul em 1930, Dourado teve uma vida dedicada ao Grêmio. Tornou-se sócio do clube aos 11 anos, em 1941. Chegou a atuar pelos aspirantes, mas decidiu seguir a carreira de médico. Aos 24 anos, comprou sua cadeira cativa no recém inaugurado Olímpico, estádio que ajudaria a concluir no início da década de 80. Cada vez mais atuante no dia a dia do Grêmio, foi alçado ao cargo de conselheiro em 1968. 
Após passar por diferentes vice-presidências, foi eleito presidente pela primeira vez em dezembro de 1975. Exerceu seis anos consecutivos de mandato, até o final de 1981. Neste mesmo ano, levou o tricolor ao primeiro título de Campeão Brasileiro.
Depois de deixar a presidência, Dourado trabalhou em diferentes setores clube: foi vice-presidente de Patrimônio no final da década de 90 e, depois, residente da Comissão de Obras, até 2004. No mesmo ano, chegou a assumir a vice-presidência de futebol.
Sua trajetória dentro do clube rendeu inúmeras homenagens: em 1997, foi agraciado com o título de Grande Benemérito, um feito para poucos. Em 2011, ao lado dos campeões Roger e Émerson, deixou sua marca na Calçada da Fama do Estádio Olímpico. Dourado também dá seu nome ao Centro de Treinamento que ajudou a construir, em Eldorado do Sul, e foi nomeado como o terceiro patrono da história do clube. Antes dele, somente Aurélio de Lima Py e Fernando Kroeff tiveram a honraria.
O corpo do ex-presidente será cremado às 10h desta quarta-feira, no Crematório Metropolitano. A reunião do Conselho Deliberativo do Grêmio, que ocorreria na noite desta terça-feira, foi cancelada.
Em seu site, o clube publicou uma nota lamentando a morte do ex-presidente. "É com imenso pesar que o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o falecimento do ex-presidente e patrono, Hélio Dourado. Neste momento de dor, o Clube se solidariza com os seus familiares e amigos", informou o clube. "A história e a personalidade de Hélio Dourado se confundem com a própria história do Grêmio. Foram anos de dedicação e de entrega, que colocaram o Clube no patamar mais alto. Uma história que jamais será esquecida", completou a nota.
Trajetória no Grêmio:
1941: Sócio do Clube
1968: Conselheiro
16/12/1968 a 30/12/1969: Vice-presidente de Relações Sociais
30/12/1969 a 17/12/1970: Vice-presidente de Finanças
1971: Diretor de Futebol
1974: Diretor de Futebol
1975: Diretor de Futebol
18/12/1975 a 20/12/1976: Presidente
20/12/1976 a 06/03/1978: Presidente
06/03/1978 a 28/12/1978: Presidente
28/12/1978 a 18/12/1979: Presidente
18/12/1979 a 22/12/1980: Presidente
22/12/1980 a 21/12/1981: Presidente
28/12/1998 a 28/12/2000: Vice-presidente de Patrimônio
28/12/2000 a 28/12/2002: Presidente da Comissão de Obras
30/05/2004 a 23/12/2004: Vice-presidente de Futebol
Conquistas:
1974 – Vice-Campeão Gaúcho
1975 – Vice-Campeão Gaúcho
1976 – Vice-Campeão Gaúcho
1977 – Campeão Gaúcho
1978 – Vice-Campeão Gaúcho
1979 – Campeão Gaúcho
1979 – Campeão do Trofeu Ciudad de Rosario – Argentina
1980 - Campeão Gaúcho
1981 – Campeão Brasileiro
1981 – Vice-Campeão Gaúcho
1981 – Campeão do Trofeu Ciudad de Valladolid – Espanha
1981 – Campeão do Trofeu Torre del Vigia – Uruguai
1981 – Campeão da Copa El Salvador del Mundo – El Salvador. (Correio do Povo)

0 comentários: