sexta-feira, agosto 25, 2017

Firmado Termo de Cooperação entre Ministério Público de Carazinho e programa Yacamim

Os 10 anos do Programa Yacamim foram comemorados ao longo do mês de agosto em programação que culminou na noite desta quinta-feira (24) no Teatro do Sesc, marcada pela assinatura de um Termo de Cooperação entre o Ministério Público e o Yacamin, representado no ato pela Promotora de Justiça da Infância e Juventude da comarca de Carazinho, Adriana Costa, e pela coordenadora do Yacamim, Vera Suckau.
O termo assinado tem por objetivo a implementação e sustentabilidade, no âmbito do município de Carazinho, de projeto de prevenção primária ao uso de drogas por crianças e adolescentes e à redução da violência e da criminalidade juvenil. Ao falar sobre a parceria, a Drª Adriana mencionou a importância do Yacamim e de sua continuidade, mas para isso precisam ser resgatados apoiadores que ao longo dos anos por um motivo ou outro se afastaram. ''Queremos angariar novos colaboradores, novos parceiros, para que essa excelente contribuição do Yacamim com a comunidade possa continuar, convidar possíveis parceiros, antigos que queremos resgatar, tentar sensibilizar a comunidade em torno dessa causa tão relevante'' destacou ela para a Rádio Gazeta, lembrando que uma inovação do Yacamim é estar realizando ações não apenas em sua sede mas diretamente nos bairros onde suas crianças e adolescentes estão, para facilitar seu acesso e permanência no programa.
Uma reunião já está marcada para o dia 18 de setembro, às 14h, no Ministério Público, com pessoas que serão convidadas a somar forças com o programa que atualmente abrange mais de 200 crianças e adolescentes e os envolve em uma série de ações inclusive voltadas à prevenção ao uso de drogas.

Apoio é essencial
Há 10 anos o Yacamim surgiu a partir de uma conversa entre a então Promotora de Justiça da Infância e Juventude em Carazinho, Clarissa Ammélia Simões Machado e Vera Suckau, que há anos já atuava em várias ações com menores de idade. A Drª Clarissa não atua mais em Carazinho, está em Passo Fundo, mas participou da comemoração dos 10 anos e quando se dirigiu aos presentes foi com emoção que falou sobre o que o Yacamim representa na sua vida. Disse que deve haver por parte de toda a sociedade a preocupação em fortalecer programas como esse pois são a forma de prevenir a violência e garantir um investimento na segurança pública. Citou, ainda, o apoio que teve na época do presidente da Associação Comercial e Industrial de Carazinho, Jocélio Cunha, e pediu a ele, que estava presente, que essa parceria seja renovada neste momento, não só com essa mas com outras entidades, segmentos e empresários do município.
Ao conversar com a Rádio Gazeta a Drª Clarissa, que estava acompanhada pelo marido, o Promotor de Justiça Cristiano Ledur, não escondeu a emoção em ver o quanto o Yacamim avançou ao longo dos anos, apesar dos poucos recursos financeiros tão necessários para sua existência. ''Vi o crescimento e lapidação dos talentos como nas apresentações musicais, como progrediram, por isso é importante que façamos tudo para dar muito certo essa parceria, que eles fiquem cada vez melhores. O investimento na criança e do adolescente é investir na segurança pública, é investir na criança e no adolescente, dar um mínimo de dignidade, respeito, sensação de pertencimento, pessoas que se envolvem nesse programa são pessoas muito iluminadas, que enxergam tudo isso, me sinto extremamente honrada por ter passado em algum momento pela história desse programa'' disse ela.
A Drª Clarissa também mencionou a participação do Ministério Público na ação renovando o Termo de Cooperação que existiu na época em que atuava em Carazinho. ''Essa é uma posição institucional do Ministério Público, um trabalho de proteção à criança e adolescente na instituição é extremamente valorizado, são muito muito atentos os de todos os promotores de justiça e do Ministério Público gaúcho como um todo para ações como essa. Receber o carinho, o reconhecimento dessas estrelas não tem preço, assim como ver o quanto eles se sentem como cidadãos'' concluiu a promotora.  

Homenagem e arte
A noite teve também uma homenagem para Vera Suckau feita por integrantes que passaram pelo programa e a consideram como ''mãe''.
Grupos de canto e dança do Yacamim tiveram a oportunidade de mostrar seu talento para o público em apresentações muito aplaudidas e que encantaram a todos. Ao final o cantor Zéu ocupou o palco para o encerramento da programação.  (Ana Maria Leal/Portal da Gazeta)

Tags

0 comentários: