segunda-feira, agosto 07, 2017

O Grêmio encerra o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com vitória de 2 a 0 sobre o Atlético-MG

Foto: Lucas Uebel
Diante de 24,8 mil torcedores que foram à Arena na tarde desse domingo, o Grêmio bateu o Atlético-MG por 2 a 0, em partida válida décima-nona rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, que encerrou a participação do Tricolor gaúcho no primeiro turno da competição, teve gols de Pedro Rocha aos 4 minutos e de Fernandinho aos 26 minutos do primeiro tempo.
A equipe treinada por Renato Portaluppi se manteve na vice-liderança, com 39 pontos, oito atrás do Corinthians, que ocupa o topo da tabela e venceu o Sport-PE por 3 a 1, em casa. O Timão paulista, sob o comando de Fabio Carille, está invicto no Brasileirão e já tem a melhor campanha de um clube na era dos pontos corridos, iniciada em 2003.
O próximo compromisso gremista está marcado para as 19h15min de quarta-feira, quando enfrenta em casa o Godoy Cruz da Argentina, no jogo de volta das oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. Por ter vencido o primeiro embate do mata-mata por 1 a 0 (em Mendoza, no dia 4 de julho), o dono da casa joga por um empate simples. Em caso de derrota por 1 a 0 para os visitantes, a classificação às quartas-de-final será decidida nos pênaltis.
O jogo
Optando por poupar titulares para o jogo de quarta-feira, Renato Portaluppi escalou um time alternativo contra o Galo do técnico Rogério Micale (campeão olímpico com a Seleção Brasileira em 2016). O destaque foi a estreia do goleiro Paulo Victor, 30 anos, contratado do Flamengo há um mês, para a reserva imediata de Marcelo Grohe. Pelo lado do Atlético, também chamou a atenção a presença do meia-atacante Valdívia, emprestado em maio pelo Inter ao clube mineiro.
O primeiro tempo foi de intensidade e qualidade do lado Tricolor. Não por acaso, o placar foi aberto logo aos 4 minutos, com o atacante Pedro Rocha: em jogada de contra-ataque, Everton desceu pela direita, invadiu a área e cruzou no segundo poste para o camisa 32 mandar de cabeça para o fundo das redes.
Aos 26 minutos, foi a vez do também atacante Fernandinho ampliar. A jogada começou com o lateral Léo Moura, que cruzou da direita para a área. Pedro Rocha cabeceou e o arqueiro adversário espalmou, mas Fernandinho, bem posicionado, marcou.
Já a etapa complementar foi mais disputada, embora o Grêmio não tenha perdido o controle da partida. Aos 5′, colocou uma bola na trave com Pedro Rocha. O técnico Renato providenciou as alterações. Entraram Lincoln, Jailson e Patrick (também vestindo a camisa do clube pela primeira vez) nos lugares de Pedro Rocha, Maicon e Everton.
O Atlético-MG teve a chance de descontar aos 42 minutos, mas desperdiçou. Após um escanteio cobrado por Otero, que mandou na área. O zagueiro gremista Bruno Rodrigo puxou a camisa de Bremer dentro da grande área e o árbitro Flávio Souza marcou pênalti. O atacante Robinho mandou a bola no meio do gol e Paul Victor deu um tapinha, afastando-a para escanteio. O apito final soou aos 48 minutos.
Escalações
O Grêmio de Renato Portaluppi atuou com Paulo Victor, Léo Moura, Bressan, Bruno Rodrigo, Marcelo Oliveira, Maicon (Jailson), Arthur, Fernandinho, Pedro Rocha (Lincoln), Everton (Patrick) e Luan, este último em sua partida de número 200 pelo clube.
Já o Atlético-MG de Rogério Micale escalou Giovanni, Alex Silva, Bremer, Matheus Mancini, Leonan, Roger Bernardo, Yago, Adilson (Marlone), Otero, Valdívia (Pablo) e Elder (Robinho). (O SUL)

0 comentários: