quinta-feira, agosto 31, 2017

O Inter perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG e está fora da Copa da Primeira Liga

Foto: Ricardo Duarte
Com um time formado em sua maioria por jogadores reservas e nomes em ascensão, na noite dessa quarta-feira o Inter perdeu em casa para o Atlético-MG por 1 a 0. O placar desclassificou o Colorado da segunda edição da Copa da Primeira Liga. O certame independente, promovido pelos clubes sem a participação da CBF, estava interrompido desde fevereiro, na fase de grupos, encerrada pelo Saci com 100% de aproveitamento.
Os mais de 12 mil torcedores que foram ao estádio Beira-Rio viram uma escalação inusitada. Ao lado de integrantes de destaque do grupo principal, tais como Edenilson, Eduardo Sasha, Camilo e Nico López (o destaque da noite), estavam jovens promessas como Joanderson e até mesmo integrantes do elenco que já estiveram com um pé fora da avenida Padre Cacique, a exemplo do zagueiro Ernando e do atacante Roberson. Curiosamente, também pisou o gramado um velho conhecido dos colorados: o meia-atacante Valdívia, emprestado ao Atlético-MG até o fim do ano.
O próximo compromisso do time treinado por Guto Ferreira está marcado para a tarde do dia 9 (sábado), pela vigésima-terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Desta vez, o adversário será o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Líder da tabela, com 42 pontos, o Inter tentará a sua sétima vitória consecutiva na competição.
O jogo
Apesar da preservação da maior parte dos titulares, o Colorado manteve o mesmo desenho tático 4-1-4-1, utilizado nas partidas anteriores. Joanderson era o homem de referência no ataque, enquanto que a linha de quatro ofensiva tinha Nico López e Carlos abertos pelas pontas, com Alex Santana e Camilo mais centralizados. Charles era o volante fixado em frente à defesa.
O primeiro tempo foi equilibrado. A forte marcação imposta por ambas as equipes limitaram os espaços em campo, de modo que a primeira conclusão efetiva ocorreu somente aos 18 minutos, quando Carlos cabeceou por cima do gol após cruzamento de Nico López que veio da direita. Aos 29 minutos, Nico voltou a acionar Carlos, que invadiu a área mas acabou desarmado pela zaga quando tentava a finalização.
A luta pela bola seguiu concentrada no meio-campo, sem que ninguém oferecesse maior perigo no ataque. Porém, o Atlético-MG cresceu na reta final da etapa, em lances sucessivos que culminaram com a abertura do placar. Aos 35 minutos, Leonam chutou desviado em Danilo Silva e a bola raspou o travessão.
Um minuto depois, Fred chutou cruzado e Marcelo Lomba fez grande defesa. Aos 39 minutos, Clayton arriscou de longe e acertou o canto direito para fazer 1 a 0 para o Galo. O Inter quase empatou aos 41 minutos, em uma cobrança de falta de Camilo que Giovanni espalmou, no susto, para escanteio. Aos 44 minutos, Nico López disparou chute rasteiro, exigindo nova defesa do goleiro atleticano.
Na etapa complementar, logo aos 3 minutos, ao tentar interceptar a bola, o goleiro Giovanni acertou somente o corpo de Carlos no interior da área, mas o árbitro sonegou o que muitos viram como pênalti claro. Dez minutos depois, Nico López fez grande jogada, driblando duas vezes o lateral Leonam antes de chutar para a defesa do arqueiro. Aos 20 minutos, Fred teve grande chance de ampliar, mas acabou finalizando para fora. A resposta colorada veio em seguida: Junio cruzou da direita e Eduardo Sasha, que havia entrado no lugar de Carlos, cabeceou para a defesa salvadora de Giovanni.
O Colorado tinha mais volume ofensivo, mas a bola teimava em não entrar Aos 31 minutos, após cobrança de falta, Nico López chutou cruzado e Gabriel salvou em cima da linha. Na sequência, Roberson, substituto de Joanderson, tentou o empate, mas Bremer cortou. Aos 36 minutos, Roberson voltou a entrar na área e concluiu à direita do gol mineiro, com perigo.
Aos 42 minutos, mais uma sequência de defesas incríveis de Giovanni impediu o empate do Inter que levaria a decisão da vaga para os pênaltis. Tudo começou com Sasha soltando a bomba que foi espalmada de forma providencial. Roberson e Nico ainda tentaram, sem êxito. No minuto seguinte, Nico López chutou de fora da área e acertou a trave esquerda. Foi a última tentativa da noite.
Escalações
O Inter do técnico Guto Ferreira colocou em campo Marcelo Lomba, Junio, Danilo Silva, Ernando, Iago, Charles, Alex Santana (Edenilson), Camilo, Carlos (Eduardo Sasha), Nico López e Joanderson (Roberson).
Já o Atlético-MG do campeão olímpico Rogério Micale escalou Giovanni, Marcos Rocha, Gabriel, Bremer, Leonam (Mansur), Roger Bernardo, Yago, Valdívia (Ralph), Clayton (Marlone), Robinho e Fred. (O SUL)

0 comentários: