segunda-feira, agosto 28, 2017

Obras na ERS-142 estão concentradas no trecho de Victor Graeff

O Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema) de Passo Fundo-Cruz Alta começou, no segundo semestre deste ano, as atividades de recuperação da ERS-142, no Norte do Rio Grande do Sul. O programa contempla o trecho entre o acesso leste a Não-Me-Toque e o entroncamento da ERS-223 (para Ibirubá). Executado pelo governo do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), o segmento vai receber investimento superior a R$ 8 milhões, recurso proveniente do Banco Mundial (Bird).
Ao todo, serão recuperados 18,86 quilômetros da rodovia, por meio de serviços como fresagem, recomposição do pavimento com reperfilagem e implantação de capa asfáltica. Segundo o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, a estrada será transformada.
''É uma renovação completa, não apenas quanto às condições do pavimento, como também à drenagem e à sinalização, com manutenção de cinco anos", destacou. "É o resultado de um esforço conjunto com o governo do Estado e determinação nossa em viabilizar os programas de recuperação em inúmeras regiões do Rio Grande do Sul", acrescentou.
Para o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, é essencial deixar a pista da ERS-142 em bom estado, já que há um grande fluxo de veículos no local. ?Ainda neste ano, conforme as condições climáticas permitirem, esperamos concluir a colocação da capa asfáltica. Então, partiremos para a sinalização?, contou o dirigente.
Uberti informou que, após o término das obras, haverá a conservação do pavimento. ?O Crema nos dá essa segurança. A empresa é obrigada contratualmente a realizar o acompanhamento do resultado dos serviços, garantindo a durabilidade da obra até 2020?, disse.
No total, o Crema Passo Fundo-Cruz Alta vai restaurar 233,19 quilômetros de rodovias que vão reestabelecer as condições de trafegabilidade aos usuários. O investimento é de R$ 101,2 milhões - recurso proveniente de financiamento do Banco Mundial (Bird). A duração do programa é de cinco anos e a execução dos trabalhos passa por avaliação constante, de acordo com indicadores de desempenho estabelecidos contratualmente.
Acordo de Resultados
O Crema Passo Fundo-Cruz Alta integra o Acordo de Resultados 2017, assinado por todas as secretarias e vinculadas e que consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Os compromissos firmados envolvem o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão.
Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com intuito de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade. (DAER)

0 comentários: