segunda-feira, setembro 18, 2017

Abaixo de chuva, o Inter bateu o Figueirense por 3 a 0 no Beira-Rio e está de volta à liderança da Série B

Os mais de 20 mil torcedores que desafiaram o mau tempo para conferir de perto o jogo entre Inter e Figueirense no estádio Beira-Rio foram compensados com uma vitória colorada por 3 a 0, em partida válida pela vigésima-quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com gols de William Pottker, Leandro Damião e Nico López, o resultado recolocou o Colorado no topo da tabela da competição, com os mesmos 45 pontos do vice-líder América-MG mas em vantagem nos critérios qualificados (uma vitória a mais).
Para esse confronto, a equipe contou com os reforços de Rodrigo Dourado e D’Alessandro. O volante havia cumprido suspensão automática na rodada anterior, enquanto o meia e capitão se recuperava de um edema na coxa direita. Por outro lado, o zagueiro Klaus e o meia Camilo ficaram de fora, devido a lesões.
O time do Saci tem o ataque mais produtivo e a segunda defesa menos vazada do certame. Nas últimas oito rodadas, foram sete vitórias e apenas uma derrota (para o Juventude) – jogando em casa, o time de Guto Ferreira já acumula uma invencibilidade de seis partidas. O aproveitamento geral é de 62,5% (o mesmo do segundo colocado). A próxima está marcada para sábado que vem, contra o Náutico em Caruaru (PE).
Escalações
O Inter entrou em campo com Danilo Fernandes, Cláudio Winck (Alemão), Ernando, Víctor Cuesta, Uendel, Rodrigo Dourado, Edenilson (Charles), D’Alessandro, William Pottker, Eduardo Sasha (Nico López) e Leandro Damião.
Já o figueirense do técnico Milton Cruz escalou Saulo, Dudu, Marquinhos, Leandro Almeida, João Lucas, Pereira, Abuda (Patrick), Marco Antônio, Xuxa (Lucas Silva), Zé Love e Henan (Nicolas Careca).
O jogo
O começo da partida não poderia ser mais perfeito para os planos colorados de imposição dentro de casa e recuperação da liderança perdida na rodada anterior. Logo aos 3 minutos, Uendel cruzou da esquerda e William Pottker apareceu no segundo poste para desviar para o fundo do gol, marcando pela oitava vez com a camisa alvi-rubra.
Aos 11 minutos, Cláudio Winck soltou uma bomba de fora da área e o goleiro visitante, com dificuldade, fez a defesa em dois tempos. Aos 21 min, foi a vez do arqueiro da casa, Danilo Fernandez demostrar agilidade, espalmando para escanteio um cabeceio à queima-roupa de Henan.
Os donos da cada não corriam riscos e tomavam a iniciativa ofensiva. Aos 27 minutos, a torcida viu praticamente um “remake” do lance do gol. Uendel alçou na área e William Pottker já partia para a finalização quando João Lucas apareceu para fazer o corte providencial, rumo à linha de fundo.
Aos 34 minutos, Eduardo Sasha chutou da entrada da área e a bola raspou o travessão. Aos 40 minutos, Edenilson aproveitou um rebote e bateu na bola, buscando o canto direito, mas a bola esbarrou na defesa do goleiro Saulo.
Segundo tempo
No intervalo, Cláudio Winck sentiu uma pancada que havia sofrido durante um choque com o goleiro na primeira etapa e foi substituído por Alemão. O Colorado voltou então para o segundo tempo com o mesmo ímpeto ofensivo. E não demoraria para sair o segundo gol.
O cronômetro marcava 7 minutos quando D’Alessandro cobrou escanteio e Leandro Damião mergulhou de cabeça entre os zagueiros do Figueira, mandando para o fundo da rede adversária. Esse foi o quarto gol do centroavante em sua segunda passagem pelo time da avenida Padre Cacique e o 93º com a camisa do clube.
Aos 14 minutos, William Pottker protagonizou uma incrível arrancada desde as proximidades de sua defesa até o interior da área adversária – percorrendo aproximadamente 70 metros em alta velocidade – e tocou para Damião. O atacante chutou de primeira, mas a zaga catarinense conseguiu cortar no momento crucial.
A equipe gaúcha continuava levando perigo ao Figueirense. Aos 24 minutos, Uendel cruzou com perfeição e Damião cabeceou, com força, dessa vez por cima do travessão. Aos 31 min, em nova ofensiva colorada, William Pottker chutou por cima da trave a bola que havia sido lançada por Nico López, que recém havia entrado no lugar de Eduardo Sasha.
A insistência colorada foi premiada novamente aos 37 minutos, quando Uendel fez grande jogada, invadindo a área a dribles e servindo Nico López, que marcou o terceiro gol do jogo e o 14º pelo clube, isolando-se na artilharia da temporada.
Aos 44 minutos, o Figueirense (décimo-oitavo colocado, na zona de rebaixamento) teve uma boa chance para descontar, com um forte chute de Nicolas Careca, que acabou explodindo o travessão. Ainda sobraria espaço para uma última tentativa do Inter, aos 47 minutos: D’Alessandro cruzou e Damião concluiu para fora. Exato nesse momento, o juiz apitou o final da partida.

0 comentários: