quarta-feira, setembro 06, 2017

Chile perde para a Bolívia e vê ameaçada classificação à Copa

Foto: Aizar Raldes
O Chile despencou após a goleada para o Paraguai e repetiu um mau resultado nesta terça-feira. Sem efetividade contra a vice-lanterna Bolívia, foi castigado com uma derrota por 1 a 0, gol de pênalti já no segundo tempo. Com isso, os atuais campeões da Copa América passam a ter ameaçada a classificação para a Copa do Mundo da Rússia.
Com 23 pontos, os chilenos ficam na mira de Argentina e Peru, os primeiros fora da zona de classificação direta. A Bolívia continua à frente apenas da Venezuela, com 13 pontos.
Os primeiros minutos tiveram grandes chances, primeiro para Alexis Sánchez, que teve a bola para abrir o placar aos três minutos, mas parou nas mãos do goleiro Lampe. A Bolívia respondeu em cobrança de escanteio que Marcelo Moreno quase empurrou para as redes após falha de Claudio Bravo.
Depois disso, no fim da etapa Vidal recebeu de frente para o gol, com o goleiro batido, mas chutou para fora. Seria a melhor chance chilena de marcar. Na segunda etapa, o castigo veio.
Aos 12 minutos de partida, Marcelo Diáz tocou com o braço na bola e a arbitragem marcou pênalti. Juan Arce chutou forte no ângulo esquerdo e anotou 1 a 0 para a Bolívia.
O Chile tentou reagir com Valdivia e Esteban Paredes, nos lugares de Vargas e Díaz, enquanto Chumacero entrou no lugar de Campos, em resposta boliviana. Mas as trocas pouco geraram em intensidade ofensiva e foi a Bolívia que chutou com Arce, mas longe da goleira.
Ainda deu tempo para Chumacero ser expulso aos 45 da etapa final. Num jogo nervoso, ele atingiu Hernández quando este estava caído e recebeu o vermelho direto. Mesmo com um a mais nos acréscimos, os chilenos não conseguiram mudar o placar da partida e amargaram a derrota. (Correio do Povo)

0 comentários: