segunda-feira, setembro 18, 2017

Grêmio perdeu em casa para a Chapecoense por 1 a 0 e ficou ainda mais longe do Corinthians na liderança do Brasileirão

Com um time misto na Arena, na tarde desse domingo o Grêmio tropeçou mais uma vez no Campeonato Brasileiro. O algoz da vez foi a Chapecoense-SC, que venceu por 1 a 0 a partida, válida pela vigésima-quarta rodada da competição.
Com esse resultado, o Tricolor se afastou ainda mais do líder Corinthians, que no mesmo horário bateu em casa o Vasco por 1 a 0 e chegou a 53 pontos, dez a mais que o segundo colocado. Já os catarinenses somaram 28 pontos e agora estão em 14º lugar, portanto fora da da zona de rebaixamento.
A rodada poderia ter sido pior para o time de Renato Portaluppi, que corria o risco de cair para a terceira colocação se, no sábado, o Santos tivesse vencido o Botafogo no Rio de Janeiro. O Peixe, no entanto, caiu diante do alvi-rubro carioca por 2 a 0, estacionando em 41 pontos, mas ainda perigosamente próximo (a apenas dois pontos).
Primeiro Tempo
O Grêmio entrou em campo com uma escalação alternativa. O motivo foi a estratégia de preservação de atletas para esta quarta-feira, quando enfrentará o Botafogo no segundo duelo do mata-mata das quartas-de-final da Copa Libertadores da América.
E, mais uma vez, o equipe mista não deu conta do recado. Diante de um público de 14,6 mil torcedores, o tricolor dominou as ações no primeiro tempo, teve maior posse de bola, criou boas jogadas e finalizou mais vezes a gol. No entanto, não conseguiu balançar a rede adversária.
Já a Chapecoense – que contou na primeira etapa com o lateral Alan Ruschel, um dos sobreviventes da tragédia aérea que vitimou quase todo o elenco do clube em novembro do ano passado – ficou praticamente em seu campo de defesa, mas nos minutos finais levou perigo a meta gremista, fechada pelo goleiro Marcelo Grohe.
Segundo tempo
Já a etapa complementar não começou favorável para os gremistas. Antes do primeiro minuto, os visitantes abriram o marcador com Arthur Caike. Ele recebeu um passe, chutou de fora da área, a bola desviou no zagueiro Rafael Thyere e foi direto para dentro do gol. Marcelo Grohe ainda tentou alcançar, mas não chegou a tempo.
A desvantagem no escore fez com que o técnico Renato logo providenciasse duas substituições, retirando Ramiro e Everton para colocar em seus lugares, respectivamente, Patrick e Everton.
Mas o jogo seguiu truncado e com vários lances de perigo protagonizados pelos visitantes. A terceira alteração tricolor foi feita e o centroavante Jael (que retornou aos gramados após um afastamento de sete meses, por lesão) deu lugar a Lucas Barrios, na tentativa de conseguir maior poder de infiltração na área visitante, mas a Chape se manteve fechada e conseguiu afastar todas as bolas.
Escalações
O Grêmio do técnico Renato Portaluppi colocou em campo Marcelo Grohe, Léo Moura, Bressan, Rafael Thyere, Bruno Cortez, Michel, Arthur, Ramiro (Patrick), Éverton (Mikky Arroyo), Fernandinho e Jael (Lucas Barrios).
Já a Chapecoense do interino Emerson Cris escalou Jandrei, Apodi, Douglas, Fabrício Bruno, Reinaldo, Moisés Ribeiro, Lucas Mineiro, Canteros (Lucas Marques), Alan Ruschel (Penilla), Arthur Caíke (Luiz Antônio) e Wellington Paulista.

0 comentários: