sexta-feira, setembro 01, 2017

Produtor de Alegrete conquista principais categorias da raça Jersey na Expointer

Foto: Associação de Criadores de Gado Jersey do Rio Gr

A raça leiteira Jersey teve o banho de leite para a comemoração dos seus campeões na Expointer no final da tarde desta quarta-feira (30). O maior vencedor foi o produtor de Alegrete, Marcírio Flores Alves: dos quatro principais prêmios, a Fazenda Santo Izidro conquistou três (morfologia e produção com animais abaixo e acima dos 36 meses) e garantiu o reservado na competição entre as vacas jovens. Ainda confirmou o melhor úbere da raça. 

No Torneio Leiteiro, encerrado na segunda-feira (28), a campeã acima de 36 meses foi Heitora 134 Action Calipto (Box 1743), com uma produção em 48 horas de 109 quilos. A campeã leiteira até 36 meses é Juranda 172 Valentino Calipto (Box 1719), que alcançou uma produção de 59,7 quilos. A vaca Garça 121 Louie Calipto, de Alegrete, foi a grande campeã na morfologia e melhor úbere. No total, 33 vacas concorreram em diversas categorias. 

A Fazenda Santo Izidro, no Rincão de São Miguel, também foi destaque na competição da Expointer em 2015 e 106. Marcírio credita os resultados, na ordem de importância, a trabalho, genética e persistência. “O conjunto, equipe ajuda bastante. Ainda mais do jeito que está a bacia leiteira. Não dá pra desanimar”, afirma. 

Apesar do porte menor, a vaca da raça Jersey produz leite de primeira qualidade. É um animal dócil, fácil de lidar e propicia gastos reduzidos aos produtores. Conforme o presidente da Associação dos Criadores de Gado Jersey do Rio Grande do Sul, Álcio Azambuja de Azambuja, de Hulha Negra, o gado, em especial a fêmea, é um animal que produz leite da melhor qualidade. "Com certeza é mais rico em minerais, lactose, lipídios e possui menos água, portanto, é mais denso", observa. 

Segundo Azambuja, a produtividade do leite é tão elevada que para fazer um quilo de queijo são necessários cerca de 8 litros, enquanto é preciso 10 litros de vacas de outra raça. Ele destaca que a criação tem crescido no estado e a competição na Expointer demonstra a qualidade morfológica da Jersey. "Estão de parabéns os criadores pelos animais expostos em pista", elogia. (Portal do Produtor)

0 comentários: