quarta-feira, novembro 22, 2017

Rússia apresentará seu primeiro veículo controlado pela força do pensamento


Futuro está mais próximo do que você pensa, e automóveis que não requerem as mãos de motoristas no volante estão sendo desenvolvidos muito rapidamente! A Rússia planeja abrir as portas para produção de veículos desta espécie com o preparo para lançar seu primeiro veículo controlado pela força do pensamento.

O projeto está sendo desenvolvido por um grupo de cientistas da Universidade Estatal de Nizhny Novgorod. Planeja-se apresentar oficialmente sua maquete na exibição Vyzpromexport 2017, que terá lugar em Moscou.
Sputnik Mundo entrevistou Vasily Mironov, responsável pelo projeto, e o perguntou sobre o estágio atual da ideia, riscos que poderiam vir a ser enfrentados e perspectivas da iniciativa.
O cientista explicou que o controle complicado do Neuromóvel será dividido em duas partes; uma delas realizará o monitoramento da situação nas estradas, outra será responsável pelo controle do estado do motorista através do registro da atividade cerebral e transmissão dos comandos mentais do condutor para realização dos movimentos de transporte.
Veículo russo, controlado pela força do pensamento
Veículo russo, controlado pela força do pensamento
Quando perguntado sobre riscos, Mironov não omitiu a existência dos mesmos:
"Uma parte está relacionada a fatores externos [situações de emergência, causadas por outros motoristas e usuários das estradas, circunstâncias climáticas que complicariam o funcionamento de aparelhos etc.], outra corresponde ao funcionamento do sistema de controle do veículo. Várias categorias do último grupo serão atentamente estudadas no âmbito do projeto. […] No momento, é difícil dar alguma previsão quanto à eficácia do sistema de controle, mas, sem dúvidas, ele estará no foco de nossos estudos."
Veículo russo, controlado pela força do pensamento
Veículo russo, controlado pela força do pensamento
Além disso, o idealizador contou que o modelo russo contará com várias vantagens em comparação com veículos da mesma categoria de fabricação estrangeira.
Vasily Mironov explicou que um traço especial de modelos de produção estrangeira é a utilização de decisões padronizadas pela indústria automobilística. "A atenção é focada em decisões construtivas. No quadro de nosso projeto, a decisão será diferente, integrando decisões tecnológicas de ponta", acrescentou. 
Além disso, o cientista sublinhou que o preço do veículo russo será relativamente baixo, entre 550 mil e 990 mil rublos, ou seja, de 30.401 a 54.722 reais, tornando-o acessível a muitas pessoas.
Quanto às prováveis exportações do automóvel, o cientista explica que, caso a produção do veículo venha a ser bem-sucedida na Rússia, há grandes chances de que ele seja vendido fora do país. (Sputnik Brasil)

Tags

0 comentários: