quinta-feira, novembro 16, 2017

Ventania de frente fria provoca tempestade de areia na Argentina


Tempestades de chuva, de granizo e de poeira ocorreram na tarde de 15 de novembro de 2017 em áreas da Argentina e do Uruguai por causa da chegada de uma nova frente fria. O ar extremamente quente e a pressão atmosférica muito baixa, abaixo de 1000 hPa, colaboraram para a formação de nuvens com grande desenvolvimento vertical.

A pressão atmosférica para ajuste do altímetro das aeronaves chegou a 955 hPa no aeroporto de Termas Rio Hondo. No Uruguai, o aeroporto de Colonia informou a ocorrência de granizo às 20h00 UTC, 18 horas em Brasília. Pouco depois houve uma rajada de vento com 83 km/h. Às 22h00 UTC, 20 horas em Brasília, a tempestade com chuva e granizo persistia com rajadas de vento com 92 km/h.
calor foi extremo no centro-norte da Argentina passando dos 40°C em várias localidades. O aeroporto Termas do Rio Hondo, na província de Santiago Del Estero, na divisa com a província de Tucuman registrou 43°C. O aeroporto de Tucuman registrava 41°C às 18 horas, em Brasília

Esta frente fria avança pelo litoral do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, 16 de novembro. O impacto com o ar muito quente que está sobre o Sul do Brasil favorece a ocorrência de ventania e chuva forte.

Tempestade de poeira

evento mais impressionante associado com a chegada da nova frente fria foi uma tempestade de poeira tão extensa que pode ser observada em imagens de satélite. Diversas regiões da Argentina sentiram o fenômeno. Rajadas de vento entre 50 km/h e 80 km/h foram observadas em vários locais do centro-leste e norte da Argentina durante a passagem da tempestade de poeira.

Nas imagens do satélite GOES- 16 é possível ver a camada de poeira que foi levantada pelos fortes ventos. 

Tempestade de poeira na Argentina em 15-11-17




Tags

0 comentários: