• Com movimento recorde na última hora, vendas de Natal crescem 5% nos supermercados gaúchos

    Enquanto reorganizam os estoques e as lojas para a semana que antecede o Réveillon, a partir desta terça-feira (26), os supermercados gaúchos contabilizam os resultados positivos, em média 5% superiores ao do ano passado, registrados com as vendas de produtos típicos para as comemorações do Natal. Um balanço divulgado nesta segunda-feira (25) pelo presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, mostra que o calendário deste ano, que proporcionou a concentração das compras de Natal pelos consumidores no final de semana, foi favorável aos comerciantes - cerca de 20% das vendas de dezembro foram realizadas nesta sexta, sábado e domingo.
    Segundo o presidente da Agas, a ocorrência do feriado de Natal na segunda-feira possibilitou que os consumidores visitassem com mais calma os supermercados ao longo do final de semana. "Percebemos que houve uma intenção crescente de compartilhar esta data com mais pessoas. Os gaúchos compraram muitos pequenos presentes e apostaram em pratos típicos para a ceia, mostrando o crescimento das crenças e tradições", resume Longo. De acordo com o dirigente, as cestas e maletas de Natal registraram um incremento de 15% nas vendas, outra característica da data neste ano. Com relação aos presentes, os pequenos carrinhos e bonecas de baixo custo foram os carros-chefes em vendas, além das caixas de bombons, que registraram crescimento de 5% nas vendas.
    Entre os alimentos, o grande destaque em vendas neste Natal foi o crescimento de 15% na procura por cortes suínos, mas as vendas de aves natalinas, como peru e chester, também cresceram acima do esperado - em média 8%. "Nesta semana, a lentilha, os espumantes e demais bebidas serão os itens mais procurados. Na terça-feira ainda haverá a ressaca do Natal, mas na quarta-feira as lojas retomarão o movimento com vistas à festa da virada de ano. Ainda temos 20% das vendas do mês a serem buscadas até o fim de 2017", completa Antônio Cesa Longo. (AGAS)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário