quarta-feira, dezembro 20, 2017

Romário admite disputar a presidência da CBF


Ex-jogador de futebol e campeão do mundo, o senador Romário, admitiu nesta terça-feira a possibilidade de concorrer à presidência da CBF. Via redes sociais, ele escreveu que “tem todos os pré-requisitos”, mas que seria necessário alterar o estatuto atual da instituição.

Forte crítico às atuais gestões da CBF, o ex-jogador atacou a atual formatação da instituição e pediu apoio para concorrer. “Hoje a CBF gasta mais com luxo de dirigente do que com investimento no futebol em si. Além dos roubos comprovados pela CPI, como compra de sede superfaturada e contratos de patrocínios fraudulentos. Temos que fechar essa torneira de corrupção e investir nos jovens atletas, voltar o esporte um pouco para o social, investir no futebol de base e no futebol feminino”, postou.
“Já lancei o movimento por Diretas Já na CBF. Agora clamo a todos que amam o futebol e estão cansados de tanta sacanagem a se juntar a mim nessa causa. Jogadores, ex-jogadores, técnicos, clubes, empresários e até presidentes de federação que queiram a mudança”, complementou o senador.
Nesta semana, a Fifa afastou Marco Polo Del Nero da presidência da CBF. Atualmente, a instituição é comandada por Coronel Nunes, um dos vices.

0 comentários: