sexta-feira, janeiro 05, 2018

Monsanto: safra volumosa de milho nos EUA dificulta alta de sementes


Empresas como a Monsanto estão enfrentando dificuldade para elevar os preços de sementes de milho, após produtores nos Estados Unidos terem colhido uma safra volumosa pelo quinto ano consecutivo. Os silos do país estão lotados e as chances são cada vez menores de uma alta significativa dos preços do grão. Em teleconferência para discutir os resultados do primeiro trimestre fiscal, o presidente da Monsanto, Brett Begemann, disse que a companhia aumentou os preços de suas sementes mais novas, como de costume, mas que os preços de sementes mais antigas permaneceram inalterados. “É um ano difícil”, afirmou Begemann, referindo-se à concorrência acirrada.

A empresa não divulgou seu guidance de lucro para o ano fiscal por causa da venda para a Bayer, que ainda está pendente. Segundo o CEO da Monsanto, Hugh Grant, o processo de aprovação regulatória da fusão está avançando “como esperado”. A aprovação do negócio pela Comissão sobre Investimento Estrangeiro nos Estados Unidos (Cfius, na sigla em inglês), no início de dezembro, significa que não há avaliações pendentes sobre segurança nacional, afirmou Grant. Ele disse acreditar que a fusão vai ser concluída no começo de 2018. O negócio, que vai resultar na maior empresa de sementes e pesticidas do mundo, ainda está sendo avaliado por órgãos antitruste nos EUA e na União Europeia, que no ano passado expressaram “sérias dúvidas” sobre a combinação. (Dow Jones Newswires)

0 comentários: