• Multas cobradas de transportadoras já passam de R$ 840 milhões

    Foto: Alina Souza
    Terminada a paralisação dos caminhoneiros, o total de multas cobradas de transportadoras pela União já chega a R$ 846 milhões. Isso porque a Advocacia-Geral da União (AGU) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma nova relação, com mais 46 transportadoras que descumpriram a decisão do ministro Alexandre de Moraes que estabeleceu a cobrança de multa de empresascujos veículos bloqueassem estradas ou permanecessem no acostamento de rodovias federais. Só esta última relação de transportadoras que desobedeceram a decisão do ministro do STF acumula R$ 506,5 milhões em multas.
    No dia 25 de maio, Moraes atendeu a um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) e concedeu liminar estabelecendo multa de R$ 100 mil por hora para empresas que colocassem veículos para bloquear estradas ou permanecer em acostamentos de rodovias federais ou estaduais durante as manifestações.
    Já foram multadas 142 empresas. As transportadoras têm a opção de fazer o depósito de forma voluntária. Caso contrário, a ministra-chefe da AGU, Grace Mendonça, pede ao STF o bloqueio de contas e de aplicações financeiras, além de penhora de outros bens em valor suficiente para quitar o débito. (Correio do Povo)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário