• Grêmio vence o São Paulo de virada, em noite inspirada de Everton

    Foto: Mauro Schaefer
    O Grêmio se reabilitou no Campeonato Brasileiro em um grande jogo contra o São Paulo na noite desta quinta-feira. O Tricolor venceu por 2 a 1, de virada, em uma noite inspirada do atacante Everton na Arena. O resultado dá moral ao time que a partir da próxima semana entrará em uma maratona de partidas decisivas.

    O Tricolor levou um gol logo cedo. E contra um time qualificado como o São Paulo, isso traz muitas complicações. Aos 3 minutos, quem não costuma falhar, acabou errando. Everton levantou uma bola despretenciosa na área, Geromel ameaçou cabecear mas deixou a bola passar, Arboleda aproveitou a bobeira do zagueiro e serviu Diego Souza, que só tocou para o gol, 1 a 0. A desvantagem no placar obrigou o Grêmio a ir para cima, mas o São Paulo estava bem postado na defesa. O jogo era intenso, movimentado, com as duas equipes buscando o ataque.
    Aos 8, em rápido contra-ataque, Everton levou para o meio e bateu de perna direita, mas a bola saiu fraca, sem perigo. Uma das melhores oportunidades do Grêmio na etapa inicial aconteceu aos 14 minutos em uma bela jogada entre Luan, Jael e Everton. Os três trocaram passes até que Everton saiu livre, de frente para Sidão, mas demorou para finalizar, foi desarmado e perdeu o gol.
    Nos acréscimos, o São Paulo quase marcou mais um. Diego Souza puxou o contra-ataque e passou para Nenê, o meia bateu de primeira e viu Kannemann se atirar na bola para salvar o Grêmio. Em seguida, Maicon deu um lindo passe para Everton, o atacante, em meio a dois marcadores, bateu firme, no canto, empatando na Arena, 1 a 1.
    Tricolor aproveita o embalo
    O segundo tempo começou com o São Paulo em cima. No primeiro lance, Diego Souza finalizou de voleio e Marcelo Grohe fez uma grande defesa. Aos 10 minutos, foi a vez do Tricolor chegar com força. Luan lançou Leonaro Gomes pelo lado direito, o lateral cruzou e Jael chegou atrasado. Cinco minutos depois, veio a virada do Grêmio. Luan roubou uma bola na intermediária e deu para Everton. Em lance muito parecido com o do primeiro gol, ele enganou o marcador e chutou forte para fazer o 2 a 1.
    Mas o São Paulo, com jogadores bastante técnicos do meio para frente, era perigoso. Aos 20 minutos, Reinaldo arriscou de longe e Marcelo Grohe fez boa defesa. O Grêmio passou a administrar e diminuiu o ritmo. Mesmo assim, teve oportunidades para ampliar o placar. Aos 40 minutos, Luan achou Jael livre pela esquerda, o centroavante invadiu a área e finalizou para a defesa de Sidão. O placar ficou mesmo no 2 a 1 e a torcida comemorou na Arena.
    Ficha técnica
    Grêmio 2
    Marcelo Grohe; Leonardo Gomes (Thaciano), Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon (Jailson), Cícero, Ramiro e Luan (Marinho); Everton e Jael
    Técnico: Renato Portaluppi
    São Paulo 1
    Sidão; Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Liziero e Nenê; Joao Rojas (Lucas Fernandes), Diego Souza e Everton
    Técnico: Diego Aguirre
    Local: Arena do Grêmio
    Data: 26 de julho de 2018, quinta-feira
    Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
    Assistentes: João Luiz de Albuquerque (RJ) e Thiago Henrique Farinha (RJ)
    Cartões amarelos: Hudson, Arboleda, Éder Militão, Joao Rojas e Everton (São Paulo); Leonardo, Kannemann, Cícero e Ramiro (Grêmio)
    Gols: Diego Souza, aos 3 minutos do 1º tempo (São Paulo) Everton, aos 47 minutos do 1º tempo e aos 15 minutos do 2º tempo (Grêmio) 
    Fonte:Correio do Povo
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário