• Mais de 750 quilos de agrotóxicos de origem estrangeira foram apreendidos na fronteira do Rio Grande do Sul

    Foto: PRF
    A PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a BM (Brigada Militar) apreenderam, durante uma operação conjunta, mais de 750 quilos de agrotóxicos de origem estrangeira na BR-158, em Santana do Livramento, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. A ação ocorreu na noite de terça-feira (23).
    Durante fiscalização na rodovia, os policiais abordaram uma caminhonete Ford F-250, com placas de Cachoeira do Sul. Ao vistoriarem o compartimento de carga do veículo, os agentes encontraram a mercadoria ilegal.
    O motorista, de 53 anos, informou aos policiais que o destino dos produtos, entre eles herbicidas, inseticidas e fungicidas, seria a cidade de Cachoeira do Sul. O homem foi preso.
    Furtos
    Na semana passada, agentes da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato de Bagé deflagraram a Operação Seival para combater furtos em propriedades rurais. Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão nos municípios de Candiota e Hulha Negra.
    Um homem foi preso, arma, munições, um veículo adulterado e material para o comércio de drogas foram apreendidos. Segundo os delegados André Mendes e Cristiano Ritta, após um arrombamento a uma vinícola na região, ocorrido em meados de junho deste ano, a Polícia Civil passou a investigar um grupo criminoso sediado no município de Candiota, especializado em furtos a propriedades rurais, especialmente defensivos agrícolas e maquinário elétrico.
    “De acordo com as investigações, os suspeitos utilizariam em suas ações veículos com placas adulteradas e toucas ninja, sendo seus crimes sempre praticados no turno da noite. Eles também são suspeitos de atuarem no tráfico de drogas”, esclareceram os delegados.
    A Polícia Civil estima que, apenas neste ano, os suspeitos já teriam subtraído mais de 100 mil reais em defensivos agrícolas e maquinário de produtores rurais e de empresas da região. “Nas buscas, foram apreendidas uma arma de fogo, munições de diversos calibres, uma moto com a placa de outro veículo, 65 frascos plásticos utilizados para acondicionar cocaína, chamados de eppendorfs, com presença de cocaína”, afirmaram Mendes e Ritta. A operação foi denominada Seival por ser a área do município de Candiota onde residem a maioria dos suspeitos. (O SUL)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário