• Autoridades emitem alerta vermelho na Guatemala por erupção de vulcão



    Foto: Johan Ordonez
     As autoridades guatemaltecas declararam nesta segunda-feira alerta vermelho por uma nova erupção do Vulcão de Fogo, depois que mais de 200 pessoas abandonaram suas casas nas comunidades próximas. Em junho, a erupção deste vulcão provocou 194 mortes. O alerta foi declarado no município de Escuintla depois que o vulcão iniciou no domingo a quinta fase eruptiva do ano, com lavas e colunas de cinzas, informou a Coordenadoria Nacional para a Redução de Desastres (Conred).
    Um total de 214 moradores, a maioria de Escuintla, foram levados para áreas seguras, número que deve aumentar nas próximas horas. Os apelos de retirada provisória afetam quase 2 mil pessoas de pelo menos 10 comunidades dos departamentos de Escuintla, Sacatepéquez e Chimaltengo, próximas do vulcão de 3.763 metros de altura e que fica 35 quilômetros ao Sudoeste da Cidade da Guatemala.
    O Vulcão de Fogo iniciou no domingo o quinto ciclo eruptivo do ano. De acordo com o Instituto de Vulcanologia, a coluna de cinzas superam mais de 1 mil metros sobre a cratera. A quarta fase eruptiva do vulcão de Fogo foi registrada entre 6 e 9 de novembro, sem vítimas nem danos.
    No último 3 de junho o vulcão teve uma potente erupção que provocou uma avalanche de material ardente que devastou a comunidade San Miguel Los Lotes, deixando 194 mortos e 234 desaparecidos. Junto com o Vulcão de Fogo, também permanecem ativos na Guatemala os vulcões Pacaya, 20 quilômetros ao Sul da capital, e o Santiaguito, 117 quilômetros ao Oeste, que aumentaram sua atividade mas sem entrar em fase eruptiva. (Correio do Povo)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário