• Conmebol define que final da Libertadores não será jogada na Argentina

    Foto: Conmebol 
    A Conmebol apresentou nesta terça-feira, em reunião no Paraguai com os presidentes de Boca Juniors e River Plate, a sua proposta para resolver o imbróglio envolvendo a final da Libertadores da América de 2018. A entidade definiu que a decisão não será na Argentina e que o jogo vai ocorrer em campo neutro no final de semana dos dias 8 e 9 de dezembro.
    Via Twitter, a Conmebol revelou o documento que apresentou aos dois clubes na reunião desta terça-feira. A entidade justifica a decisão de tirar o jogo da Argentina pelos acontecimentos de violência envolvendo torcedores do River Plate no ataque ao ônibus do Boca Juniors no último sábado.
    No comunicado, a Conmebol esclarece ainda que a marcação da partida para campo neutro ainda depende da decisão do seu Tribunal Disciplinar sobre o pedido do Boca Juniors de ganho dos pontos da partida.
    A decisão da Conmebol desagrada aos dois clubes. O Boca sustenta que a partida não deve ser realizada e quer levar os pontos no tribunal. Já o River Plate pediu a realização do jogo no Monumental de Núñez com a presença de sua torcida.
    A capital paraguaia Assunção surge como a principal opção para a realização da final. Miami e Catar são alternativas também avaliadas pela Conmebol. (Correio do Povo)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário