• Uma companhia aérea de baixo custo terá voo entre Londres e o Rio de Janeiro por 306 dólares a partir de março

    Foto: Reprodução
    A companhia aérea de baixo custo Norwegian vai lançar seu primeiro voo de longo curso no Brasil em março de 2019. A rota de inauguração será entre Londres, a partir do aeroporto de Gatwick, e Rio de Janeiro. Os voos começam em 31 de março, quatro vezes por semana a uma tarifa de US$ 306,22 por trecho, disse a companhia em nota nesta terça-feira (27).
    A empresa norueguesa é a terceira maior companhia aérea de baixo custo da Europa e havia dado entrada no pedido de autorização para operar no Brasil em julho. Foi o primeiro pedido oficial de uma low cost estrangeira no País.
    A Norwegian vem apostando em rotas de longo curso, um novo modelo de negócios para as aéreas de baixo custo. Até pouco tempo atrás, as empresas low cost faziam rotas de curto ou médio alcance, em que os custos com combustível e tripulação são menores, e nos quais se cobra praticamente por tudo que não seja o deslocamento em si, de reserva de assento e fone de ouvido.
    Nos últimos anos, a queda do preço do petróleo e o avanço tecnológico, que permitiu o desenvolvimento de gerações de aviões mais eficientes, com economia de 20% a 25% no consumo de combustível, possibilitaram a essas empresas se arriscar no terreno dos voos de longo curso.
    Chile
    A companhia aérea de baixo custo (low cost) Sky Airline, do Chile, começa a operar no Brasil com um voo inaugural que sairá do Aeroporto Internacional de Santiago para o Galeão, no Rio de Janeiro. A empresa faz o trajeto entre três capitais brasileiras (Rio, São Paulo e Florianópolis) e a capital chilena, com cinco voos semanais, utilizando aeronaves A320neo, com 186 assentos disponíveis.
    “Inicialmente pensávamos em publicar a oferta de voos a partir de dezembro deste ano, e fizemos tão bem que adiantamos a abertura da rota para novembro”, disse o CEO da empresa, Holger Paulmann, em nota.
    A empresa oferece dois tipos de tarifas. Na Light, o passageiro pode levar apenas uma bolsa de mão, além da jaqueta ou do casaco. O seu assento é atribuído de forma aleatória.
    No caso da tarifa Plus, é possível despachar uma bagagem de até 23 quilos. Além disso, o passageiro pode escolher seu assento padrão, com a opção de fazer uma alteração de data ou destino sem custo (pagando apenas as diferenças de taxa, se existir).
    Gol
    A Gol terá cinco mil voos extras para o período de dezembro a fevereiro de 2019, totalizando 850 mil assentos adicionais, o que representa um acréscimo de 6 por cento em relação à temporada anterior, disse a companhia aérea em nota.
    “As operações adicionais fazem parte da estratégia da companhia de trabalhar a malha de maneira sazonal, atendendo à demanda dos clientes e movimentos de mercado. Nenhuma rota será extinta nesse período, apenas a redução de algumas frequências em alguns mercados”, afirmou o diretor de Planejamento de Malha da empresa, Rafael Araujo. (O SUL)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário