Assembleia libera consumo de bebidas alcoólicas nos estádios do RS

Foto: Tiago Medina
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou, nesta terça-feira, liberação para o consumo de bebidas alcoólicas nos jogos de futebol. A proposta, que delimita a venda até o intervalo e após as partidas, teve 25 votos favoráveis e 13 contrários. Agora segue para sanção do governo do Estado.
Autor do projeto, Gilmar Sossella (PDT) explicou a delimitação para consumo. "Não queríamos liberar geral. Foi uma construção com os deputados, entidades de segurança e os clubes para não dar essa ideia", ponderou. "A gente fez uma normatização, para que não haja um consumo durante todo o segundo tempo", avaliou o deputado.
Ele projetou um acréscimo de renda importante aos clubes do interior do Estado. "Beneficia Inter e Grêmio, mas os do interior sofrem demais, sem a venda", avaliou Sossella. "Ainda mais que dependem muito só do Gauchão. Às vezes, a proibição impede que façam parcerias", acrescentou o deputado.
O parlamentar reconheceu que o texto pode ser alvo de críticas por questões de segurança, mas considerou que, atualmente, o monitoramento é muito maior. "Qualquer outro evento pode consumo de bebida, em show do Roberto Carlos pode", citou. "Qual o motivo de penalizar o futebol?"
Sossella lembrou, ainda, a exceção que foi dada para a Copa do Mundo. "Aprovamos lei que diz que os jogos e eventos da Fifa podem ter comercialização. A entidade maior, em qualquer parte do mundo, exige como condição. Nos nossos jogos não vamos ter?"
"O mau torcedor já entra embriagado no estádio e faz confusão", garantiu o deputado. "Com a fiscalização eletrônica e física já temos como retirar esses elementos e impedir que apareçam em outros jogos", acrescentou.  (Correio do Povo) 

Postar um comentário

My Instagram

Designed by OddThemes | Distributed by Blogger Themes