IDEIA DE ESTAGIÁRIOS VIRA APLICATIVO DE REALIDADE VIRTUAL NA BAYER

A realidade aumentada teve a sua origem em algo muito simples: as etiquetas dos produtos. A partir de determinado momento, os famosos códigos de barras deixaram de cumprir com perfeição a tarefa de carregar todas as informações que se queria obter por meio de sua leitura.
Com isso, foram criados os códigos em duas dimensões, que permitiu o armazenamento de muito mais informação do que os códigos de barras convencionais. A realidade aumentada é possível ser utilizada para a realização de objetos interativos e não tem limite de aplicações, sendo utilizada no entretenimento, melhoria de processos da medicina, na indústria automobilística por meio de manuais interativos e outras alternativas que ainda serão criadas.
Na Bayer, conversamos com a Adriana Ricci, gerente de Stewardship da Bayer, setor que cuida do uso correto dos produtos da empresa e ela nos falou sobre um aplicativo que está sendo desenvolvido para auxiliar o produtor rural a conhecer as funcionalidades dos produtos.
“A Bayer vive uma nova fase inovadora, com ferramentas diferenciadas para o agricultor utilizar na propriedade dele. Esse aplicativo, que será lançado em 2019, ajuda o agricultor a entender o uso correto dos nossos produtos”, disse.
Segundo Adriana, com um celular na mão, o agricultor poderá acionar as informações do produto adquirido pela própria embalagem. Serão oferecidos recursos em realidade virtual e aumentada.Veja como funciona:

Ideia dos estagiários
De acordo com empresa, o aplicativo nasceu no grupo de estagiários da própria Bayer, que pensou em uma alternativa para levar os treinamentos de maneira inovadora para os clientes.
“É muito massante tirar o agricultor do campo e colocar em uma sala de aula para ter o treinamento. Então, esses jovens profissionais pensaram nessa maneira virtual, que pode ser feita na casa do cliente”, contou Adriana.
A ferramenta é pensada, entre outras coisas, para atender a demanda de uma nova geração de produtores rurais que chega às lavouras, mais conectada e com facilidade para desfrutar de elementos tecnológicos e interativos. “Os jovens que acabaram de sair das faculdades com muita tecnologia acabam levando aos seus pais essas novidades do setor. No futuro, essa geração acaba assumindo e contribuindo para o desenvolvimento das propriedades”, falou.
O aplicativo está em fase final de montagem e deve ser lançado nos primeiros meses de 2019. (AGEvolution)

Postar um comentário

My Instagram

Designed by OddThemes | Distributed by Blogger Themes