Pirelli fechará fábrica de Gravataí no RS



Pirelli fechará sua fábrica de Gravataí (RS), gerando 900 demissões até dezembro de 2021. A produção dos pneus para moto será transferida para a unidade de Campinas (SP), onde serão admitidos 300 trabalhadores até 2022.


Segundo a Pirelli, a medida decorre de um plano de investimento de € 120 milhões para o período de 2019 até 2021 para modernização das fábricas de Campinas e Feira de Santana (BA). O aporte dá sequência aos € 320 milhões investidos pela empresa no País entre 2013 e 2018. 



No comunicado, a Pirelli informa a intenção de negociar com o sindicato dos trabalhadores de Gravataí para adotar medidas durante o período de transferência que reduzam os impactos sociais. 



Atualmente, a Pirelli de Campinas produz apenas pneus para automóveis. O rearranjo visa a tornar a fábrica um polo industrial para abastecer o Brasil e mercados latino-americanos com pneus para carros, motocicletas e motorsport, com foco em produtos de maior valor agregado. A Pirelli é a principal fornecedora de pneus para as fábricas de motos instaladas em Manaus (AM) e estima-se uma redução importante do custo do frete com a mudança de Gravataí para Campinas.

Postar um comentário

My Instagram

Designed by OddThemes | Distributed by Blogger Themes