China suspende importação de carne bovina do Brasil

Após a confirmação de um caso atípico de encefalopatia espongiforme bovina (vaca louca) em Mato Grosso, a China decidiu suspender as importações de carne bovina brasileira. Segundo oficio circular do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), todos os carregamentos de carne bovina expedidos após o dia 31 de maio deverão retornar ao Brasil.

A China é hoje o maior comprador de carne bovina do Brasil. De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o país adquiriu 322,4 mil toneladas de carne bovina brasileira em 2018, crescimento de 52,5% ante 2017. Só nos primeiros quatro meses de 2019, o volume exportado para o mercado chinês soma 95,7 mil toneladas ante 84,3 mil toneladas em igual período do ano passado.
A suspensão das exportações ocorre num momento em que a indústria tem apostado no aumento da demanda chinesa após os prejuízos sofridos com a peste suína africana na Ásia. Segundo relatório divulgado hoje pelo Rabobank, as importações de carne da China cresceram 47% no primeiro trimestre deste ano.

Postar um comentário

My Instagram

Designed by OddThemes | Distributed by Blogger Themes